Sul-coreana CJ Corp usa blockchain da Amazon para direitos autorais de música

Um ramo de TI do maior conglomerado da Coreia do Sul, o CJ Corp, está usando a tecnologia blockchain da Amazon para melhorar o gerenciamento de direitos autorais de músicas.

CJ Corp implementa a Amazon Managed Blockchain

A CJ OliveNetworks, uma subsidiária de tecnologia da CJ, supostamente implementou a Amazon Managed Blockchain em seu novo sistema de direitos autorais digitais para gravar e rastrear músicas em conteúdo transmitido, informou a agência de notícias local Yonhap em 19 de setembro.

Especificamente, a empresa implantou o serviço de transcodificação de vídeo baseado em arquivos da Amazon Web Services (AWS) e o Elemental MediaConvert, para reconhecer e extrair conteúdo de música dos dados de transmissão.

Compartilhamento e armazenamento seguros de dados

De acordo com a matéria, a nova plataforma de direitos autorais eletrônicos habilitados para blockchain pretende levar um maior nível de transparência no gerenciamento de direitos autorais de música, fornecendo ferramentas de compartilhamento e armazenamento seguras e métodos não modificáveis ​​para verificação mútua na rede.

A empresa diz que a adoção do sistema trará vários benefícios para todas as partes interessadas, incluindo emissoras e sociedades de direitos autorais.

Enquanto isso, o potencial da blockchain na indústria da música foi relatado até agora. Em 12 de setembro, o gigante global de mídia Warner Music Group revelou que criará ativos digitais usando uma nova blockchain pública apoiada pelo criador dos CryptoKitties, o Dapper Labs.

Anteriormente, a Bitfury, fabricante de equipamentos de mineração de Bitcoin (BTC) e blockchain, lançou seu empreendimento Bitfury Surround para abrir o código da indústria da música e ajudar os artistas a estabelecer um modelo de receita comercial mais justo.

Em 11 de setembro, a AWS anunciou o lançamento de seu banco de dados de ledger quântico da Amazon, descrevendo-o como um novo tipo de banco de dados que fornece um log de transações transparente, imutável e criptograficamente verificável, de propriedade de uma autoridade central confiável.