Eslovênia visa se tornar o destino líder a tecnologia Blockchain na Europa

O governo da Eslovênia anunciou que pretende posicionar o país como o principal destino da tecnologia Blockchain na União Europeia (EU). O governo também está estudando as aplicações potenciais da tecnologia na administração pública.

Em seu discurso no evento Digital Slovenia 2020, em meados de outubro de 2017, o primeiro-ministro Miro Cerar  afirmou que as agências reguladoras e os ministérios do país já estão estudando a tecnologia e suas aplicações potenciais.

"Os órgãos reguladores e os ministérios já estão estudando o Blockchain e o estado está participando de atividades em nível europeu na área de introdução e regulamentação desta tecnologia. Também estamos assentando as bases para o teste piloto inicial da tecnologia na administração do estado".

Outros desdobramentos do Blockchain na Eslovênia

Em 3 de outubro, o governo esloveno  lançou o Blockchain Think Tank como parte da Coalisão Digital Eslovena.

O Think Tank servirá de ponto de contato entre os desenvolvedores do Blockchain, os jogadores da indústria e o governo. Também irá coordenar a criação de vários materiais educacionais no Blockchain com diferentes empresas e auxiliar na elaboração de novos regulamentos em torno da tecnologia.

Em seu discurso, Cerar afirmou que o governo está estendendo seu apoio total por trás da tecnologia.

"A Eslovênia como um todo está, portanto, configurando-se como um destino amigável ao Blockchain e, para o efeito, está estabelecendo os pilares de um ecossistema Blockchain nacional na área de transferência e disseminação de informações, a adoção de regulamentos legais e a promoção de um ambiente de apoio ao desenvolvimento de empresas que atuam na área da tecnologia Blockchain".

Enquanto isso, o Conselho Esloveno de Estabilidade Financeira emitiu uma advertência aos eslovenos avisando-os de ter cautela ao investir em ofertas iniciais de moedas (ICO) e moedas digitais devido à ausência de regulamentos que as cubram.