Share Internet Data lança aplicativo bancário em conjunto com a LDJ Capital

A empresa de crowdsourcing de Internet Share Internet Data Ltd (SID) fez uma parceria com a empresa de private equity LDJ Capital para lançar uma solução de banco digital baseada em blockchain. O novo aplicativo bancário digital é chamado LDJ Digital, de acordo com um comunicado de imprensa em 16 de julho.

De acordo com o anúncio, a LDG Digital pode funcionar como um cartão de débito e suporta moeda fiduciária e criptomoedas. Além disso, o objetivo declarado da LDJ Digital é fornecer serviços bancários para os não bancarizados , conforme o relatório.

A LDJ Digital será supostamente uma parte da plataforma SID existente e é baseada em suas principais tecnologias e princípios. A tecnologia SID e blockchain, que sustenta a LDJ Digital, supostamente tornará o acesso a serviços bancários acessível e para os sem banco, segundo o comunicado de imprensa.

O SID supostamente permite que os usuários forneçam a Internet a outros usuários por meio de seu aplicativo para dispositivos móveis, algo como um ponto de acesso móvel. No entanto, os usuários do SID não precisam adquirir uma senha para obter acesso ao hotspot; em vez disso, o aplicativo gera automaticamente uma senha de uso único quando os usuários do SID estão próximos uns dos outros. 

De acordo com seu website , a SID concluiu uma Oferta Inicial de Token e usa contratos baseados em blockchain para trocar tokens em troca do uso da Internet.

O CEO da LDJ Digital, José Merino, comentou que a inclusão financeira é um resultado natural de um ecossistema gratuito da Internet:

"O acesso gratuito à Internet abre as comportas do acesso a uma série de outros recursos globais. A inclusão financeira é um dos resultados lógicos disso. O ecossistema SID é configurado para suportar uma comunidade robusta que inclui inclusão educacional, social e financeira, entre outros. "

Como previamente relatado por Cointelegraph, a nova empresa do criador do Napster, Shawn Fanning, a Helium, também pretende trabalhar com compartilhamento de internet por meio de hotspot em aplicação de Internet das Coisas (IoT), o lançamento foi feito em junho.

Este projeto também têm como objetivo criar um ecossistema de Internet descentralizado e, além disso, pretende fornecer uma série de casos de uso, aproveitando os mecanismos de detecção dos dispositivos. Os casos de uso incluem o acompanhamento de animais de estimação e a prevenção do roubo de bicicletas por meio de sensores de detecção de localização.