Startup blockchain apoiada pela Samsung consegue US$ 7,5 milhões do Shinhan Bank

A startup de blockchain sul-coreana Blockco garantiu 9 bilhões de won coreanos (US$ 7,5 milhões) em uma recente rodada de financiamento de série B+ que contou com a participação dos principais bancos locais.

Bancos seguem interessados na blockchain

Apoiada pela gigante tecnológica sul-coreana Samsung, a Blockco anunciou o investimento em um post de blog em 22 de agosto.

A rodada de financiamento envolveu o banco mais antigo da Coreia do Sul, o Shinhan Bank, e a maior casa de câmbio da Coreia do Sul, o Korea Exchange Bank, também conhecido como KEB Hana Bank.

Além disso, o novo investimento também foi apoiado pela empresa de capital de risco voltado para a saúde LB e pelo ramo de capital risco da startup de entretenimento Dadam Game, que tem sede em Seul.

A Blockco é apoiado pela Samsung e Amazon

Fundada em 2014, a Blockco supostamente areecadou 1,5 bilhão de wons (US$ 1,2 milhão) da Samsung Ventures em julho de 2016. Como empresa de tecnologia blockchain na Coreia do Sul, a Blockco estabeleceu uma plataforma de blockchain como serviço chamada Coinstack em 2015 e lançou a mainnet do protocolo blockchain corporativo Aergo em 2018.

Conforme relatado, a Blockco participou do desenvolvimento do sistema blockchain de permissão NexLedger em colaboração com o Samsung Group e o Amazon Web Services.

Lançado em 2017, o Nexledger é um sistema blockchain autorizado que fornece soluções integradas para métodos econômicos de gerenciamento de transações financeiras digitais e troca de dados.

Enquanto isso, recentemente, o Shinhan Bank foi informado sobre o desenvolvimento de uma plataforma de empréstimo de ações baseada em blockchain em parceria com a empresa de serviços financeiros Directional. O KEB Hana Bank e a Samsung Electronics são membros do consórcio sul-coreano que planeja lançar uma identificação móvel baseada em blockchain no país em 2020.