Grandes empresas coreanas firmam parceria para lançar sistema de ID móvel em blockchain

Um consórcio de grandes empresas sul-coreanas fechou uma parceria para lançar um sistema de idenfiticação móvel baseado em blockchain em 2020, conforme noticiou a agência local em língua inglesa Korea Times em matéria de 14 de julho.

Segundo a reportagem, as empresas são ligadas a serviços financeiros KEB, como Hana Bank, o Woori Bank, a KOSCOM, as operadoras de telefonia móvel SK Telecom, a KT, a LG UPlus e a gigante de tecnologia Samsung Electronics. O objetivo da parceria é declaradamente desenvolver um sistema de identidade independente, sem intermediários, o que permitiria que indivíduos e organizações controlassem suas informações de identidade em transações online.

O serviço tem como objetivo permitir que os usuários armazenem informações pessoais, como números de registro de residentes, números de contas bancárias e usá-los à vontade. As empresas de serviços financeiros envolvidas têm objetivo de fornecer serviços de certificação, empresas de telecomunicações serão responsáveis pelo gerenciamento de serviços móveis estáveis, ​​e a Samsung garantirá o gerenciamento seguro dos dados armazenados.

Mais precisamente, a Samsung vai fazer o gerenciamento dos dados através do Samsung Knox, uma solução corporativa de segurança móvel que já é nativa na maioria de seus smartphones, tablets e wearables. Em 2020, o consórcio pretende buscar novos parceiros, incluindo grandes empresas, universidades, hospitais, seguradoras, instalações de entretenimento, resorts e clubes de campo.

Como o Cointelegraph noticiou no começo do mês, a empresa de pesquisa de tecnologia japonesa Fujitsu Laboratories desenvolveu uma solução baseada em blockchain para avaliar credenciais de usuários, identidade e confiabilidade em transações online.

Em junho, houve notícias de que bancos brasileiros podem implementar uma solução de identidade em blockchain baseada na plataforma Hyperledger Fabric.