CEO da Ripple diz que o JPM Coin não tem interoperabilidade: 'Só uso dólar, não aceito!'

Brad Garlinghouse, CEO  do Ripple (XRP), disse que o recém-anunciado ativo digital do gigante bancário norte-americano JPMorgan Chase não tem a interoperabilidade que o tornaria uma inovação significativa. Garlinghouse fez seus comentários durante uma entrevista no 4º Encontro Anual da DC Blockchain em Washington D.C. em 6 de março.

Como o Cointelegraph informou, o JPMorgan Chase anunciou o vindouro lançamento de sua nova oferta de liquidação de blockchain em meados de fevereiro: uma stablecoin batizada JPM Coin, apoiada em 1 por 1 pelas reservas do banco em USD.

Aludindo às sugestões de vários comentaristas da indústria de que a moeda do banco poderia ser um concorrente direto do XRP da Ripple, Garlinghouse descartou a utilidade da moeda devido ao fato de que ela continua sendo um ativo interno proprietário e que sua exclusividade provavelmente levará a que cada grande banco emita sua própria moeda. Isso, segundo ele, levará exatamente à mesma fragmentação que caracteriza a indústria de serviços financeiros hoje:

“Esse cara do Morgan Stanley estava me entrevistando na semana passada e eu perguntei a ele, 'então, o Morgan Stanley vai usar o JPM Coin?' Provavelmente não. O Citi vai usá-lo? [...] o PNC vai? E a resposta é não. Então, vamos ter todas essas moedas diferentes e voltamos para onde estamos: há uma falta de interoperabilidade".

Garlinghouse ainda ponderou sobre a aparente exclusividade do JPM Coin, dizendo que:

"Vamos pensar a respeito disso. [O JPM] anunciou o JPM Coin para clientes institucionais. Se você der a eles um dólar como depósito, eles fornecerão um JPM Coin, que você poderá mover na razão do JPM. Espere um pouco, basta usar o dólar! Eu realmente não entendo [...] qual problema ele resolve."

Ao longo da entrevista, a única coisa que Garlinghouse concedeu ao JPM Coin foi o efeito potencialmente positivo “para a indústria de blockchain e cripto ter jogadores como o JPM a apoiando”. “Essa é a única coisa boa que vou dizer sobre ele”, ele disse brincando.

Como publicado anteriormente, o braço de pesquisa da importante exchange cripto Binance também julgou que, como uma rede proprietária e centralizada, é improvável que o JPM Coin seja aproveitado pelos concorrentes no setor bancário, que podem optar por lançar seus próprios tokens digitais nativos no futuro. .

Em termos de liquidação interbancária, a Binance Research argumentou ainda que, como uma solução de rede fechada, é improvável que o JPM Coin concorra diretamente com o XRP - dada a ambição deste de servir como uma “moeda mediadora entre bancos” entre fiduciário e criptomoedas e qualquer produto fiduciário.”

A Binance, no entanto, afirmou que, internamente, o JPM Coin poderia ter um impacto material significativo na melhoria do custo e eficiência de tempo dos serviços financeiros tradicionais.

Garlinghouse afirmou anteriormente que o JPM Coin “não entende o ponto” da cripto, argumentando que a introdução de uma rede fechada hoje é como lançar a AOL após a IPO da Netscape.