Gigante de varejo Overstock relata prejuízos, mas diz que negócio blockchain está forte

A gigante de varejo Overstock divulgou seus resultados financeiros no segundo trimestre de 2019, revelando uma queda de 23% na receita e um prejuízo de 19% no lucro bruto.

Em um anúncio dos acionistas publicado em 8 de agosto, a Overstock afirmou que sua subsidiária, a tZERO, está progredindo conforme o planejado, com foco em seis áreas-chave - especialmente a de security tokens.

No pain, no gain

Enquanto os novos resultados apontam para um decréscimo na maioria das métricas, a Overstock voltou a ter um resultado positivo antes dos juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA) pela primeira vez desde o segundo trimestre de 2017.

Além disso, a margem bruta aumentou 79 pontos base em relação ao trimestre anterior, com as despesas de vendas e marketing caindo 63% no mesmo período.

Os resultados revelam que a tZero registrou uma perda antes dos impostos de quase US$ 10 milhões e também impactou as despesas gerais e administrativas (G&A) de sua matriz:

“As despesas gerais e administrativas totalizaram US$ 32 milhões e US$ 31,4 milhões no segundo trimestre de 2019 e 2018, respectivamente, um aumento de 2% [...] O aumento foi principalmente devido a uma redução de US$ 6 milhões em ganhos de criptomoeda da nossa venda de criptomoeda recebida durante o TZERO no segundo trimestre de 2018. oferta de security tokens, sem atividade similar no segundo trimestre de 2019.”

No desdobramento de seus diversos segmentos de negócios, a Overstock revela que, para o segundo trimestre de 2019, a tZero representou pouco mais de US$ 4,1 milhões de sua receita líquida de aproximadamente US$ 373 milhões.

Uma pioneira na adoção de cripto no varejo

De acordo com o anúncio, a Overstock foi a primeira grande varejista a aceitar a criptomoeda, em 2014 - fundando sua subsidiária de comércio com foco em blockchain, Medici Ventures, no mesmo ano.

Ainda ontem, o Cointelegraph reportou que a tZero planeja permitir que o público troque seus security tokens em questão de dias e espera que até 50.000 novos investidores entre seus atuais acionistas da Overstock comecem a negociar seus security tokens.

Embora a tZero ofereça negociação de token desde janeiro deste ano, até agora ela estava disponível apenas para investidores credenciados por meio de uma conta de corretagem de títulos digitais no Dinosaur Financial Group.

A empresa concluiu sua oferta de security tokens (STO) em agosto de 2018, arrecadando US$ 134 milhões de mais de 1.000 investidores globais. Em março deste ano, a Comissão de Valores Mobiliários (SEC) dos Estados Unidos analisou a queda nos preços das ações da Overstock.

No início de seu mês, a tZero foi agraciada com uma patente para uma solução que pode ancorar os negócios e exchanges tradicionais à blockchains públicas.