tZERO anuncia patente para integração blockchain em exchanges tradicionais

A startup blockchain tZERO anunciou uma nova patente de tecnologia para ancorar sistemas de câmbio tradicionais em blockchains públicas.

Integração blockchain para exchanges

A empresa anunciou a iniciativa em um press release publicado em 6 de agosto. A patente descreve uma integração através da metodologia Time Ordered Merkle Epoch (TOME).

O autor do release explica que a TOME é "uma tecnologia de camada base que usa assinaturas digitais para registrar e verificar dados de séries temporais, como negociações, execuções e liquidações".

Registro auditável de negociações

De acordo com o texto, o sistema recém-patenteado permite que aplicativos de baixa latência, incluindo mecanismos de correspondência tradicionais ou ledgers privados de blockchain, sejam ancorados em blockchains públicos.

A empresa diz que a TOME permitirá que seja possível registrar novas negóciações com rapidez, usando cálculo de hashes e criação de um registro auditável e imutável da negociação. A empresa também afirma:

“Este sistema oferece uma funcionalidade valiosa para as exchanges e plataformas de negociação que precisam relatar sua atividade comercial, assim como para os reguladores, para fins de auditoria.”

Introduzindo ativos cripto em exchanges tradicionais

A empresa declarou ainda que, em conjunto com outro sistema patenteado pela empresa, a TOME permite a vinculação da liquidação de títulos baseados em blockchain, com tokens em uma blockchain pública ligada a sistemas de negociação.

A Crunchbase estima que a receita anual da tZERO é de US$ 8,5 milhões, e segundo o comunicado a empresa é uma keiretsu (termo japonês que designa um modelo empresarial onde há uma coalizão de empresas unidas por certos interesses econômicos) da Medici Ventures, subsidiária de blockchain da gigante de varejo norte-americana Overstock.

Como o Cointelegraph publicou no final de julho, dois inventores americanos ganharam uma patente para um sistema de registro baseado em blockchain para dados de armas de fogo.