Relatório: Robinhood está usando os serviços de execução de criptomoeda da Jump Trading

A plataforma negociação de ações e criptomoedas baseada nos Estados Unidos, Robinhood, tem cooperado com a empresa de trading Jump Trading LCC de Chicago para executar transações de criptoativos em nome de seus clientes. Informou Bloomberg em 29 de maio, citando fontes anônimas.

A Jump Trading - uma pequena empresa de trading fundada há 20 anos por Bill DiSomma e Paul Gurinas - se beneficiou ostensivamente de ser uma das primeiras empresas do mercado tradicional a adotar criptomoedas, disseram as fontes da Bloomberg. A empresa é conhecida por ter feito sua incursão na negociação de bitcoin (BTC) pelo menos desde novembro de 2017, informa a Bloomberg.

A cooperação de Robinhood com a Jump Trading não foi relatada anteriormente, como nota a Bloomberg, e porta-vozes de ambas as empresas oficialmente se recusaram a confirmar ou comentar o assunto a pedido da Bloomberg.

Como o site da Robinhood descreve , a empresa trabalha com terceiros para a execução comercial e, assim, acumula “receita desses locais de negociação na forma de descontos de volume. Esses descontos nos ajudam a cobrir os custos de operar nossos negócios e oferecer a você uma negociação sem comissão”

Enquanto Robinhood reduz cortesmente os custos dos serviços de execução comercial através da terceirização, para uma empresa de trading como a Jump, o manuseio de pedidos de varejo diminui os riscos que atendem ordens executadas de traders profissionais usando sistemas de negociação de alta frequência, afirma a Bloomberg.

Ao recusar-se a confirmar a cooperação das empresas, um porta-voz de Robinhood teria dito à Bloomberg que o aplicativo comercial terceiriza execuções de pedidos para várias plataformas de negociação, que podem incluir "bolsas, corretores, criadores de mercado ou mesas de negociação (OTC)".

Conforme relatado recentemente , Robinhood está preparado para arrecadar pelo menos US$ 200 milhões em uma nova rodada de financiamento , segundo fontes familiarizadas com o assunto. A rodada pode aumentar a avaliação da empresa entre US$ 7 bilhões e US$ 8 bilhões, embora os detalhes continuem sendo finalizados.

No início deste mês, Robinhood lançou oficialmente seu aplicativo de criptomoedas em  Nova York , após a aquisição de uma BitLicense pelo Departamento de Serviços Financeiros do Estado de Nova York em janeiro de 2019.

Robinhood também solicitou, nesta primavera, uma carta bancária com reguladores dos EUA, o que permitiria à empresa lançar produtos e serviços bancários tradicionais .