Craig Wright pode perder 50% dos Bitcoins relativos a processo judicial

Leia a continuação deste caso aqui.

A batalha judicial prolongada envolvendo o autoproclamado inventor do Bitcoin (BTC), Craig Wright, e os herdeiros do cientista da computação David Kleiman poderá ser a favor de Keiman.

De acordo com um membro do tribunal em 26 de agosto, o juiz Bruce Reinhart rejeitou o depoimento de Wright, afirmando que ele havia prjudicado a si mesmo ao fornecer documentos falsificados ao tribunal e recomendou que ele entregasse 50% dos mais de 1 milhão de bitcoins que Kleiman minerou com Wright, bem como direitos de propriedade intelectual associados ao software do Bitcoin.

O caso começou em fevereiro de 2018, quando advogados ajuizaram  o caso contra Wright, acusando-o de roubar centenas de milhares de Bitcoins - no período da publicação, avaliados em mais de US $ 5 bilhões - após a morte de Kleiman em abril de 2013.

Enquanto os documentos não estão disponíveis atualmente a respeito da decisão, uma audiência de prova para o caso foi agendada para hoje sobre a moção dos demandantes para sanções/condenação na esteira da descoberta.

Essa matéria está em desenvolvimento e será atualizada.