Reportagem: Agência de Receita do Canadá faz auditoria de investidores de cripto

A Agência de Receitas do Canadá (CRA), o serviço de recolhimento de impostos do governo, está supostamente auditando investidores em criptomoedas como o Bitcoin (BTC), informou a Forbes em 6 de março.

Citando fontes próximas ao assunto, a Forbes afirma que a CRA enviou extensos questionários a investidores concernentes a suas atividades relacionadas à cripto nos últimos anos. Os questionários supostamente contêm 14 páginas com 54 perguntas e várias subquestões. A CRA disse à Forbes:

“Para proteger a integridade de nossos sistemas de avaliação de risco, não podemos comentar sobre as informações ou critérios específicos que usamos para selecionar arquivos para auditoria.”

De acordo com a Forbes, a CRA está pedindo aos investidores para esclarecer vários pontos em relação aos seus investimentos em cripto, tais quais como e de quem eles compraram os ativos e se eles usam serviços de mistura ou tumblers de criptomoedas.

Outra questão supostamente pergunta se os investidores compraram ou venderam ativos na ShapeShift ou na Changellyexchanges de criptomoedas que permitem que os usuários negociem ativos sem divulgar sua identidade no mundo real.

A agência começou a tributar criptomoedas em 2013 e, em seguida, estabeleceu uma unidade de criptomoeda dedicada em 2017 para coletar inteligência e conduzir auditorias com foco em riscos relacionados à cripto. Enquanto a CRA monitora de perto as atividades relacionadas à cripto, os governos federal e provinciais do Canadá criaram incentivos fiscais para pesquisa e desenvolvimento. A CRA disse:

"Os esforços intensificados da CRA neste espaço resultam diretamente de sua Underground Economy Strategy mais ampla, que inclui um compromisso de monitorar plataformas emergentes e novos modelos de negócios, com um foco especial na economia de compartilhamento e moedas digitais".

Laura Gheorghiu, sócia fiscal do escritório de advocacia Gowling WLG, disse ao Cointelegraph que a CRA classifica as criptomoedas como uma commodity, tornando a exchange cripto tributável como uma transação de troca e tornando-a tributável como receita de negócios ou ganhos de capital. A maioria dos canadenses deve apresentar suas declarações de imposto de renda antes de 30 de abril, enquanto os servidores autônomos têm até 15 de junho.

À medida que o prazo para a declaração de impostos se aproxima dos Estados Unidos (15 de abril), algumas empresas estão introduzindo novos serviços que permitem aos investidores calcular mais facilmente os impostos sobre suas propriedades de cripto. No início de fevereiro, o software de preparação de impostos TurboTax lançou uma nova versão de seu software de preparação de impostos de mesmo nome que permite aos usuários importar dados de negociação diretamente das principais exchanges, como Coinbase, Gemini e Poloniex.

Ontem, a empresa do "Big Four" da auditoria Ernst & Young lançou uma ferramenta para contabilidade e preparação de impostos sobre participações em criptomoedas. A nova ferramenta chamada EY Crypto-Asset Accounting and Tax permitirá que os investidores institucionais e de varejo calculem e preparem os impostos sobre as posses de criptomoeda.