Relatório indica que taxas de transação do Bitcoin caem para níveis de 2014

As taxas de transação do Bitcoin (BTC) estão em queda, de acordo com um novo relatório publicado pela empresa de pesquisa de cripto e blockchain Diar em 11 de fevereiro.

Enquanto as transacções em BTC atingiram um pico de um ano em janeiro, quase atingindo os níveis registados em 2017, o valor das transações médias no BTC teria diminuído. As médias das taxas do BTC diminuíram para os níveis de 2014:

"Os honorários médios também estão em níveis não vistos desde 2015, apesar do total mensal de Bitcoins movimentado na cadeia estar em níveis mais altos do que o observado durante a maior parte de 2018".

No mês passado, a Diar informou que as exchanges de criptomoeda fecharam 2018 com “volumes transacionados recordes”, no qual o volume combinado da negociação de dólares norte-americanos na principal exchange cripto dos Estados Unidos, a Coinbase, aumentou 21% em 2018 em relação a 2017. No mesmo período, as exchanges Kraken e Bitfinex registraram aumentos de 192% e 50%, respectivamente.

Na semana passada entretanto, a Diar divulgou um relatório afirmando que desde o início do ano os volumes negociados em exchanges de criptomoedas caíram para novos picos em janeiro para níveis não vistos desde 2017. O período supostamente se tornou o pior para a líder mundial das exchanges cripto por volume de negociação, a Binance, visto que seu mercado BTC/USD encolheu em mais de 40% em comparação com dezembro de 2018.

Também em janeiro, um relatório da Diar revelou que o valor de transação do Ethereum (ETH) atingiu o recorde de alta de dezembro de 2018, chegando a 115 milhões. Dair declarou: "Em termos de contagem de transações na cadeia, o 'super computador' encontrou estabilidade desde outubro, oscilando entre 16 e 17 milhões de transações mensais".