Silvergate Capital lança IPO na bolsa de Nova York

As ações do Silvergate Bank foram lançadas para negociação na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE) em 7 de novembro.

Silvergate comemora IPO

O Silvergate Capital (NYSE: SI), um banco comercial da Califórnia focado em negócios de moeda digital, agora está oficialmente listado na NYSE, abrindo a US$ 12,75, twittou a NYSE, em 7 de novembro.

Em conjunto com o evento, o Silvergate está comemorando seu dia de oferta pública inicial (IPO), de acordo com a NYSE.

A notícia segue o anúncio da Silvergate Capital Corporation do seu IPO de 3.333.333 ações ordinárias classe A, a um preço de oferta pública de US$ 12,00 por açã,o em 6 de novembro. Das ações oferecidas, 824.605 ações são oferecidas pela Silvergate, enquanto 2.550.728 ações estão sendo oferecidas pelos acionistas a uma empresa específica.

A oferta deve ser concluída em 12 de novembro e está sujeita às condições habituais de fechamento, observou a Silvergate.

Silvergate tinha mais de 750 clientes de criptomoeda em setembro de 2019

No anúncio, a empresa também observou que uma declaração de registro relacionada aos valores mobiliários da Silvergate, foi declarada efetiva pela Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC), em 6 de novembro de 2019.

De acordo com um comunicado da SEC em 28 de outubro, o Silvergate viu seu número de clientes em moeda digital aumentar de 655, em 30 de junho de 2019, para 756, em 30 de setembro de 2019. Conforme relatado anteriormente, esses números incluem clientes relacionados a criptografia, tais como exchanges, mineradores e custodiantes, entre outros.

Facilitar transferências fiduciárias

Em agosto de 2019, a exchange Gemini, fundada pelos gêmeos Winklevoss, juntou-se à Silvergate Exchange Network (SEN), do Silvergate Bank, para acelerar as transferências fiduciárias. A SEN é uma rede de exchanges de criptomoedas e investidores, que permite transações de dólares americanos entre membros da SEN a qualquer momento, "24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano".

De acordo com o documento, a SEN registrou US$ 10,4 bilhões em transferências, nos três últmos meses, até o dia em 30 de setembro, elevando o total de transferências na SEN para US$ 23,1 bilhões e o total de transferências fiduciárias, para US$ 41,5 bilhões, nos últimos nove meses, até o dia em 30 de setembro. No mesmo período de 2018, os números totalizaram US$ 4,4 bilhões e US$ 25,9 bilhões, respectivamente.