Preço do Bitcoin não quer dizer nada neste momento, afirma Nox Bitcoin

Embora traders e analistas fiquem atentos com a oscilação no preço do Bitcoin, para a Nox Bitcoin, plataforma brasileira de criptomoedas, a variação no valor do BTC é pouco importante neste momento e não diz muito, é preciso, segundo a empresa, olha para além dos gráficos.

"O preço do Bitcoin conseguiu se consolidar acima dos US$ 9,000 por mais uma semana. Fechamos o período semanal no domingo com o preço em US$ 9,205. O mercado deixou claro que, por enquanto, Bitcoin abaixo de US$ 8,000 está barato. No geral, o preço não diz muito nesse momento. É preciso olhar para fora dos gráficos e indicadores de análise técnica e buscar entender o momento que este mercado (o de bitcoin) e o mundo estão passando.", diz.

Segundo os analistas da Nox, a economia mundial está fragilizada, e a prova disso são os cortes nos juros promovidos pelos principais bancos centrais do mundo,  além do crescimento da dívida pública destas nações frente ao PIB, somado com uma 'suspeita' quando a liquidez dos bancos na China, segunda maior economia do mundo.

"Quando olhamos para fora, podemos ver que a economia está arrefecendo. Para se ter ideia, a Europa está com juros negativos e fraco crescimento. Por outro lado, o Bitcoin começa a ganhar força como reserva de valor e ativo de proteção contra crises mundiais. Diante desse cenário, acredito que o preço pouco importa. Precisamos nos concentrar nos seus fundamentos: alta escassez, confiabilidade e o crescimento do mercado", declarou;

Citando uma possível conversa entre os operadores da Bakkt, plataforma de criptomoedas da Bolsa de Valores de Nova York, de que a empresa estaria conversando com grandes bancos e outras instituições financeiras para 'explorar' ativos baseados em Bitcoin a Nox aponta otimismo com relação ao mercado de médio e longo prazo.

"É por essa razão que pouco me importo com cotação, prefiro olhar para o momento da economia mundial e entender o papel que o Bitcoin pode exercer nesse cenário. Diante disso, concluo que o Bitcoin é um ativo de alto valor agregado e com grande potencial de crescimento para os próximos anos", argumenta.

Ao contrário de analistas da Empiricus e da XP, a Nox Bitcoin recomenda uma exposição de até 10% em Bitcoin, "procurando compras semanais ou mensais independentemente da cotação".

Como noticiou o Cointelegraph, de acordo com o analista Rakesh Upadhyay, as médias móveis do BTC estão à beira de um cruzamento de alta e são colocadas logo abaixo da resistência anterior, que virou suporte de US$ 8.777,89. Se a principal criptomoeda rejeitar esse suporte, um novo teste das altas recentes de US$ 10.360,89 estará disponível.

"Uma quebra desse nível retomará o movimento ascendente, que pode chegar a US$ 13.973,50. Portanto, os traders podem observar a ação do preço nas médias móveis e iniciar posições longas com uma forte recuperação. Esse comércio pode ocorrer instantaneamente, portanto, um stop loss pode ser mantido logo abaixo de US$ 8.467,54, que representa 61,8% de retração de Fibonacci do recente rali"

Confira mais notícias