Polícia prende bandidos que sequestraram vendedor de Bitcoin e exigiam 80 BTC de resgate

Na Índia, a polícia de Jaipur prendeu uma quadrilha de sequestradores que mantinham dois comerciantes de Bitcoin  (BTC) e mais uma terceira pessoa em cativeiro, segundo informou o Hindustan Times, em 15 de julho.

De acordo com a publicação, as vítimas teriam sido sequestradas há 15 dias e a operação teria demorado cerca de 13 horas para efetivar a liberação dos sequestrados e a prisão dos sequestradores.

No total a polícia teria prendido sete pessoas acusadas de fazer parte de uma gangue envolvida em vários casos de sequestro, extorsão, saque e roubo.

Para libertar as vítimas os sequestradores exigiam o pagamento de um resgate fixado em 80 Bticoins, além das vítimas, segundo as autoridades, foram encontradas metralhadoras e outras armas.

“Equipes policiais de seis delegacias de polícia e comandos do esquadrão antiterror foram convocados para uma operação de busca. O homem com pistola na mão foi pego depois de uma perseguição de 20 minutos ”, disse o vice-comissário da polícia responsável pelo caso, Vikas Sharma, afirmando ter recebido uma denúncia por volta das 2h30 da madrugada.

Como reportou o Cointelegraph, o Ministro de Estado da Fazenda da Índia, Anurag Thakur, disse que não há lei na Índia que proíba expressamente o uso de criptomoedas. A declaração veio durante um recente intercâmbio entre um membro do Parlamento (MP) e Thakur dentro de Rajya Sabha - o " Conselho dos Estados " ou câmara alta da legislatura indiana.