Brasileiros desenvolvem sistema que ajuda usuários de Bitcoin a ficar em dia com a Receita Federal

O Minhas Criptos, proposta de Hélio Silva e Henrique Moura, promete ajudar usuários de Bitcoin a monitorar a oscilação do valor de suas criptomoedas dentro de exchanges e ajudar os investidores a prestar informações à Receita Federal do Brasil de acordo com as movimentações realizadas e que se enquadram dentro da Instrução Normativa 1888.

"A Instrução Normativa Nº 1888 da Receita Federal, instituiu que Pessoas Físicas e Jurídicas terão de prestar informações sobre suas operações para a Receita Federal. A Minhas Criptos está construindo uma interface para integrar suas operações aos requisitos da Instrução Normativa Nº 1888 da Receita Federal. Esta funcionalidade irá agilizar os procedimentos de declaração dos usuários da plataforma", declarou Silva em um comunicado encaminhado ao Cointelegraph.

Ainda segundo Silva os usuários poderão acompanhar em um só local a variação do preço de seus criptoativo nas diferentes plataformas e assim poder acompanhar as oscilações do mercado, realizar comparativo entre preços, abrir janelas de arbitragem e gerar dados unificados que podem auxiliar na declaração do IR

"Estamos trabalhando para oferecer uma gama de ferramentas necessárias para atender desde o usuário iniciante ao usuário experiente", declarou.

Inicialmente a plataforma permitirá integração com Binance, Bitcointoyou, BitcoinTrade, Braziliex, Coinbase, FlowBTC, Foxbit e Mercado Bitcoin, mas, segundo os desenvolvedores do projeto, deve integrar novas exchanges e funções após o lançamento do projeto. Silva reforça que o sistema será lançado inicialmente na versão Beta e que o pré-cadastro está aberto.

Como noticiou o Cointelegraph, cerca de 330 mil brasileiros estão recebendo notificações da Receita Federal por problemas nas declarações de Imposto de Renda, entre eles, diversos investidores em Bitcoin e criptomoedas.