Para Peter Schiff, o Bitcoin agora corre um 'alto risco' de cair para US$ 4.000 ou menos

O preço do Bitcoin (BTC) se encaminha para ps US$ 4.000 após quebrar o suporte para desencadear um repentino mercado em baixa, diz um de seus críticos mais proeminentes.

Defensor do ouro aparece na queda de preço do Bitcoin

Em um "tuíte" em 24 de setembro, o defensor do ouro Peter Schiff voltou a atacar o Bitcoin, que caiu de US$ 9.700 para um mínimo de US$ 7.990 em horas.

Na sequência, a cripto corrigiu para girar em torno de US$ 8.500, mas a recuperação não foi suficiente para Schiff, que afirmou que o derretimento de US$ 1.800 foi apenas o começo.

“O Bitcoin finalmente quebrou abaixo da linha de suporte do grande triângulo descendente que está se desenhando há meses. Esse é um padrão técnico muito pessimista e confirma que um topo importante foi estabelecido”, escreveu ele.

Schiff continuou:

"O risco é alto para uma descida rápida de até US$ 4.000 ou menos!"

Schiff parece sugerir que $4K é o suporte

Os defensores do Bitcoin estão acostumados às críticas de Schiff. Nos últimos meses, várias vezes o investidor de ouro tentou provar a inferioridade do Bitcoin, especialmente em relação ao metal precioso.

Em resposta, alguns observaram que a ironia de Schiff ao implicar que US$ 4.000 era agora suporte ao Bitcoin. Outros acrescentaram que o número ainda era várias vezes superior ao preço do ouro.

De acordo com Schiff em uma previsão anterior, o ouro deveria finalmente chegar a US$ 5.000, enquanto o Bitcoin, diz ele, nunca quebrará os US$ 50.000.

Uma queda de preço de 7% anterior em agosto provocou alegações de que o Bitcoin já havia falhado em seu teste como um ativo de refúgio.