Peter McCormack e Anthony Pompliano acreditam que governos estão acumulando Bitcoin

Famoso defensor do Bitcoin e apresentador do programa de entrevistas "What Bitcoin did", Peter McCormack, afirmou recentemente que acredita que governos estão acumulando Bitcoin como reserva de valor.

O ativo com melhor desempenho em 2019 até agora é o Bitcoin, a criptomoeda número um. Analistas acreditam que Isso se deve a várias razões, dentre as quais a principal é a guerra comercial entre os EUA e a China.

Segundo esta teoria, a guerra comercial forçou vários investidores, especialmente os de origem chinesa, a investir no Bitcoin como um porto seguro. Além dos investidores individuais, as instituições também estão começando a participar do Bitcoin, especialmente com a integração do novo produto da empresa Bakkt.

Peter McCormack acredita que os países também estão acumulando Bitcoin. O entusiasta do Bitcoin afirmou sua idéia em um post no Twitter.

"Eu não acredito que não existam governos por aí que estejam acumulando Bitcoin", disse.

A afirmação vem a despeito de alguns países, especialmente os Estados Unidos, terem se mostrado bastante hostis em relação ao Bitcoin e às criptomoedas em geral.

Esta hostilidade veio em forma de regulamentos rígidos para a indústria, bem como uma chamada - por parte de alguns políticos - para proibir o Bitcoin porque o ativo digital pode ameaçar a moeda de reserva mundial - o dólar americano.

Um dos evangelistas mais agressivos do Bitcoin no espaço e co-fundador da Morgan Creek, Anthony Pompliano é conhecido por dizer que o Bitcoin é o futuro. Ele também já afirmou que uma hora ou outra, países vão começar a adotar o Bitcoin.

O argumento utilizado por estes analistas é de que em algum momento governos nacionais vão começar a investir no ativo que possui o melhor histórico de valorização dos últimos 10 anos.

As alegações de McCormack também têm como premissa o fato de que outros investimentos, como o ouro, que competem com o Bitcoin como uma reserva de valor, têm - segundo eles - algumas deficiências em relação às criptomoedas.

Por exemplo, o custo de mover ouro de uma parte do mundo para outra é consideravelmente maior do que o custo para movimentar Bitcoins. Isso o torna uma reserva preferencial de valor e ele acredita que os governos possivelmente também começaram a acumulá-lo como um investimento futuro.

Se países estão realmente acumulando Bitcoin ou não, é dificil de se confirmar. Mas uma coisa é certa, as leis em relação às criptomoedas não param de evoluir. Conforme reportado pelo Cointelegraph, a Nova Zelândia aprovou recentemente o ativo digital como um meio legal de pagamento de salários no país.