Opera lana novo navegador com carteira de cripto integrada e Web 3.0 Explorer

Importante navegador da Web, o Opera está lançando um novo navegador com uma carteira de criptomoeda integrada. O desdobramento foi anunciado em um comunicado compartilhado com o Cointelegraph em 9 de abril.

O novo navegador da empresa, chamado Opera 60 (com o codinome Reborn 3) apresenta uma cripto nativa chamada  Opera Wallet e um Web 3 explorer, que permite aos usuários realizar transações e interagir com a internet baseada em blockchain, também conhecida como Web 3. O navegador também oferece um recurso de rede virtual privada (VPN) em uma tentativa de aumentar a privacidade e a segurança dos usuários.

O Opera Wallet supostamente sincroniza com a carteira de cripto no navegador Opera para smartphones, para que as chaves de carteira nunca deixem os smartphones dos usuários. A publicação explica ainda:

“Na prática, sempre que precisam se identificar em um site da Web 3 ou assinar uma transação na blockchain, os usuários recebem uma notificação no smartphone. Eles podem confirmar isso da mesma maneira que desbloqueiam o sistema, usando, por exemplo, reconhecimento facial ou sua impressão digital.”

Com a integração de serviços VPN, a empresa visa garantir a segurança e a privacidade dos usuários estabelecendo um túnel criptografado que “protege os dados dos usuários de terceiros e protege sua localização geográfica”. O vice-presidente executivo da Opera, Krystian Kolondra, disse:

“As tecnologias blockchain devolvem o poder e o controle às pessoas. Eles podem assinar transações com segurança e se identificar em sites, sem sobrecarregar desnecessariamente seus dados.”

A Opera anunciou o acréscimo de uma carteira de cripto a seu navegador Android em julho de 2018. O gerente de produto Charles Hame disse que “nossa esperança é que isso acelere a transição das criptocorrências da especulação e do investimento para o uso em pagamentos reais. e transações no dia a dia de nossos usuários.”

No mês passado, a Opera anunciou o lançamento do Opera Touch para iOS, um navegador da Web 3 com uma carteira de criptografia integrada e suporte para Ethereum (ETH) e interações com aplicativos descentralizados (DApps). Antes disso, a Opera adiciounou um novo serviço que permitia aos usuários na SuéciaNoruega e Dinamarca comprar Ethereum através da versão Android do navegador.

No início deste ano o Brave, navegador baseado em blockchain, de código aberto, pago para surfar baseado no Chromium que bloqueia anúncios e rastreadores de sites, fez parceria com o site de notícias Cheddar para oferecer aos usuários tempo limitado de acesso gratuito a conteúdo premium. O Brave também é o navegador padrão do Exodus, o telefone blockchain nativo da HTC.