Uma ICO Forte para uma Loja de Propriedades Global

Diferentes países têm leis diferentes em relação à propriedade e os processos de registro e transferência podem variar muito. Adicione a isso a questão da complexidade cultural. E se você não fala o idioma do país onde você está tentando comprar uma propriedade? Também pode ser que você não tenha certeza de quem entrar em contato e em quem confiar.

Propy, uma imobiliária descentralizada está iniciando uma crowdsale

A Propy é uma loja imobiliária com registro de título descentralizado que está sendo desenvolvida apoiada pelo Blockchain. Eles estão no processo de lançamento de sua Token Sale, que é baseada na plataforma Ethereum. Na venda de token, um total de 35 milhões de tokens PRO serão colocados à venda e a oferta expirará em 25 de agosto de 2017. Cada token PRO vale US$ 1. Os colaboradores têm a chance de apoiar um sistema que cortar os custos da propriedade internacional, reduzir a fraude e as complicações relacionadas à propriedade.

Como funciona o token PRO?

O token PRO é central para o mercado imobiliário da Propy. O token funcionará como um método de liquidação e para interagir com o registro da Propy. Também funcionará de forma interessante como uma espécie de proteção contra o "spam". Uma vez que o token seria necessário para escrever novas transações, isso representaria uma barreira contra os spammers. O token seria simples de usar e se destinaria a ser amigável ao usuário. Os usuários iniciariam a compilação de novos dados para o registro da Propy através da interface da Propy, se esses dados resultariam na criação de um novo título ou na transferência de um título já registrado no sistema.

Uso de fundos da ICO e roteiro do produto

A Propy já lançou o mercado imobiliário e criou um protótipo de transação. Após a conclusão da ICO, eles estarão realizando testes beta e, no final do ano, teriam sua ferramenta de transação em produção e, em julho de 2018, estarão realizando transações p2p.

Dos 100 milhões de tokens Propy emitidos, a distribuição será feita com base em:

35% de venda de token

35% de crescimento da rede

15% de doações

15% de tokens da empresa

10% dos tokens serão distribuídos como um bônus para cada participante da ICO na pré-venda e também para cada participante nas primeiras 24 horas da crowdsale.

Comprar propriedades no exterior pode ser simplificado

A Propy tem como objetivo resolver os problemas complexos que cercam a propriedade usando o Blockchain. O seu conselheiro David Cowan, Bessemer Venture Partners e o 6º investidor da lista Midas da Forbes, afirma que "o time da Propy tem a combinação certa da perspicácia Blockchain, experiência imobiliária e empreendedorismo para ser altamente inovador". Eles integram a tecnologia do livro-razão distribuído para que os governos possam criar e emitir títulos para imóveis instantaneamente, de forma segura e econômica. Eles também ajudariam a combinar potenciais compradores com vendedores, bem como corretores respeitáveis. Além disso, haverá informações fornecidas sobre os parâmetros de qualidade de vida em bairros como: condições de caminhada, ar e poluição sonora, bem como certificações de construção ecológica.

Natalia Karayaneva, CEO da Propy, usa essas palavras para descrever a aquisição de imóveis no exterior, "Centralizada, hostil, insegura e propensa a ineficiência e fraude". Ela disse que seu grupo planeja apresentar um novo paradigma que modernizaria o setor. A Propy pretende aproveitar a tecnologia Blockchain e uma estrutura aberta da API para tornar os processos da indústria - ao longo do tempo, em etapas - interoperáveis, mais rápidos, mais simples, mais eficientes, mais fluidos, mais seguros e financeiramente incentivam todos os principais segmentos do mercado para ajudar a acelerar essa transição .

Destravando a liquidez nos mercados imobiliários

Mas talvez o maior valor da Propy esteja no fato de desbloquear os problemas de liquidez que afligem os mercados imobiliários. Em comparação com os títulos negociados em bolsa, tais como ações e títulos públicos, os mercados imobiliários são menos organizados e eficientes. Os tempos de transação são lentos e a descoberta de preços é menos eficiente. O resultado é que uma grande quantidade de capital está presa em investimentos não-líquidos e está concentrada geograficamente. A Propy pode liberar esse capital preso e gerar novas oportunidades de investimento. A troca descentralizada também pode ser o meio para enfrentar os impedimentos existentes para o investimento imobiliário estrangeiro que atua como uma espécie de balcão único.

Andrey Zamovskiy, Arquiteto Chefe de Blockchain da Propy, disse: "A Propy está para tornar-se um balcão único e já criou um componente-chave da solução". Adicionando um pouco de cautela, ele explicou que um sistema de troca de propriedade p2p completo não aconteceria da noite para o dia, devido a obstáculos colocados tanto pela imaturidade da tecnologia Blockchain quanto pela estrutura e regulamentos da indústria. A Propy prevê, em vez disso, um processo multiestágio e plurianual que começa com a permissão de transferência de títulos através do Blockchain começando com mercados específicos e espera que os mercados emergentes, geralmente menos engarrafados por obstáculos regulatórios, assumam a liderança.

Segurança da venda dos tokens

A Propy abordou cuidadosamente todos os riscos potenciais, não só durante a venda de token, mas também para o futuro produto. A equipe de gerenciamento foi instruída sobre como manter de forma segura domínios, e-mails, telefones, carteiras digitais e tudo que seja sensível a ataques de pertences digitais.

"No que se refere ao último problema da Parity, para a venda de tokens, a Propy usa uma carteira que é um contrato inteligente fechado (ao contrário da carteira Parity de fonte aberta), que entre outros recursos permite a recuperação da conta através de um serviço especial de autenticação de dois fatores chamado secondfacdtor.io" Compartilha Andrey Zamovski, o arquiteto chefe Blockchain da Propy. Mesmo que um cliente perca sua senha, ele/ela poderá recuperar a segurança de seus recursos através de uma autenticação com os dois serviços descritos acima.

"Que eu saiba, este é o primeiro serviço de autenticação de dois fatores implementado no Ethereum (se você não contar carteiras multi-sig tradicionais)", compartilha Zamovski.

O setor imobiliário também é vulnerável à fraude e, portanto, a segurança tem sido uma prioridade para a equipe desde o início do desenvolvimento do produto.

 

Aviso Legal: a Cointelegraph não endossa nenhum conteúdo ou produto nesta página. Embora tenhamos o objetivo de fornecer todas as informações importantes que possamos obter, os leitores devem fazer suas próprias pesquisas antes de tomar quaisquer ações relacionadas à empresa e assumir a total responsabilidade por suas decisões, nem este artigo pode ser considerado como um conselho de investimento.


Siga-nos no Facebook