NYT: Proprietário da Bolsa de valovers de Nova Iorque quer deixar os clientes comprar Bitcoin

O dono da Bolsa de Valores de Nova Iorque (NYSE) está pensando em perimitir os clientes comprar e deter Bitcoin, informou a New York Times na segunda-feira, em 7 de maio. Essa ação vai significar que o segundo gigante de Wall Street alegadamente vai abrir as portas para as criptomoedas em uma semana.

Como informou a New York Times, citando “e-mails e documentos”, bem como quatro fontes anônimas, a Intercontinental Exchange (ICE), proprietária da NYSE, planeja oferecer aos comerciantes contratos que eventualmente resultem em que os clientes estarão em posse de criptomoeda.

A notícia apareceu apenas alguns dias depois que a fonte citou um executivo da Goldman Sachs, que aparentemente confirmou que o banco também estrearia futuros "dentro de semanas".

A ICE “teve conversas com outras instituições financeiras sobre a criação de uma nova operação através da qual os bancos podem comprar um contrato, conhecido como swap, que levará o cliente a possuir Bitcoin no dia seguinte - com o apoio e a segurança da bolsa” a Times escreveu na segunda-feira a noite.

Se isso acontecer, a ICE e a Goldman vão se juntar a uma parcela cada vez maior de financiamento tradicional envolvido em criptomoedas. Outros jogadores recentes agora incluem o NASDAQ, que anunciou que seria "aberto" para estabelecer uma plataforma de negociação de criptomoedas no futuro.

Essas posições estão em forte oposição com as previsões contraditórias da indústria, que estão chegando às manchetes, como os comentários do CEO da Berkshire Hathaway, Warren Buffett, que nessa semana comparou o Bitcoin a "veneno de rato".

Bill Gates, entretanto adotou uma posição mais curiosa de meio-termo, dizendo à CNBC ontem que embora o comércio de Bitcoin fosse uma atividade do “mais tolo”, mesmo assim ele “venderi-o se houvesse uma maneira fácil".