Ministério Público abre ação de R$ 1 bilhão contra GenBit e Zero10 Club

O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) abriu uma ação civil pública contra a Gensa Serviços Digitais no valor de R$ 1 bilhão junto à Promotoria de Justiça de Falências. A Gensa é a empresa por trás das plataformas brasileiras de investimentos em Bitcoin Genbit e da Zero10 Club. A informação é do Portal do Bitcoin.

Segundo a matéria, o MP pediu a condenação dos envolvidos e ressarcimento aos milhares de investidores prejudicados pela falta de pagamento de rendimentos de investimentos em Bitcoin que eram ofertados pelo grupo. Outras cinco empresas estariam envolvidas.

Segundo o processo, o valor de R$ 1 bilhão é referente à estimativa de que as empresas teriam 45 mil investidores desfalcados até o momento, além de pedir tutela cautelar e antecipada de urgência para salvaguardar os valores devidos.

Como já foi noticiado pelo Cointelegraph Brasil, a Zero10 Club foi proibida de atuar pela CVM por suspeita de crime de pirâmide financeira, suspeitas que também recaíram sobre a Genbit há quatro meses, quando a empresa travou saques e passou a dar justificativas diversas para o problema.

Segundo o MP, que pede segredo parcial de Justiça para o processo, a concessão de tutela cautelar e antecipada deve ser aceita pela justiça para proteger as supostas vítimas da empresa, acrescentando que aguardar o trânsito em julgado não serviria "de qualquer utilidade aos investidores.