Microsoft cria rede de identidade descentralizada na blockchain do Bitcoin

A Microsoft está construindo uma rede de identidade descentralizada (DID) na blockchain do Bitcoin, anunciou a gigante de tecnologia nesta segunda-feira, 13 de maio.

Na anúncio, a empresa afirmou que a infraestrutura, conhecida como Identity Overlay Network (ION), é baseada em um conjunto de padrões abertos desenvolvido em conjunto com a Decentralized Identity Foundation.

A Microsoft afirma que sua abordagem endereça questões de taxa de transferência denotando que “as blockchains públicas mais robustas e descentralizadas operam com apenas dezenas de transações por segundo, nem de perto o volume que um mundo cheio de DIDs exigiria”. Por outro lado, a empresa diz que sua abordagem pretende que dezenas de milhares de operações podem ser alcançadas por segundo. Ao explicar o raciocínio por trás do ION, a publicação acrescentou:

“Acreditamos que todas as pessoas precisam de uma identidade digital descentralizada para possuir e controlar, apoiadas por identificadores próprios que possibilitem interações seguras, preservando a privacidade. Essa identidade própria deve integrar-se perfeitamente em suas vidas e colocá-las no centro de tudo o que elas fazem no mundo digital.”

Daniel Buchner, gerente de programas da equipe Microsoft Identity, disse que o objetivo das redes descentralizadas é remover o controle que aplicativos, serviços e organizações têm sobre identificadores digitais, como endereços de e-mail e nomes de usuários.

A Microsoft pretende criar um ecossistema no qual “bilhões de pessoas e inúmeros dispositivos podem interagir com segurança através de um sistema interoperável baseado em padrões e componentes de código aberto.”

A Microsoft acrescentou que planeja colaborar com contribuidores de código aberto para que o ION possa ser lançado publicamente na mainnet do Bitcoin nos próximos meses.

A tecnologia que dá aos usuários maior controle sobre suas identidades digitais está ganhando força, com o PayPal investindo em uma startup da área no mês passado.

O ION está longe de ser a primeira iniciativa blockchain da Microsoft. No início deste mês, a empresa lançou um novo Kit Azure Blockchain Development para a blockchain do Ethereum, com a Starbucks implementando o serviço para rastrear a produção de café.