Para Max Keiser, 'auto-liquidação' do Bitcoin é uma revolução contra o dólar

O Bitcoin (BTC) supera tanto a moeda fiduciária quanto o ouro porque ele não precisa de liquidação, afirmou o apresentador da RT, Max Keiser

Na última edição do Keiser Report de 7 de novembro, o conhecido otimista do Bitcoin explicou que outras formas de transações precisam de tempo de liquidação, mas o Bitcoin não.

Keiser: BTC “estabelecido autonomamente”

Isso ocorre porque, no Bitcoin, a transação e a liquidação são inseparáveis ​​uma da outra. Mover o BTC entre carteiras significa simplesmente atualizar o ledger, o que implica liquidação instantânea, pois as mineradoras confirmam as transações.

"Há muito atrito, tanto em papel quanto em ouro. O Bitcoin é, exclusivamente, auto-liquidável - a transação é a liquidação. Quando a transação ocorre, ela é acertada”, resumiu Keiser.

O episódio apareceu quando os governos que apoiam a autorização de papel com versões digitais das moedas nacionais continuam a formar um importante ponto de discussão em todo o mundo.

Como o Cointelegraph informou, a China parece ser o primeiro estado a emitir um yuan digital, enquanto outros bancos centrais estão de olho na possibilidade, incluindo o Banco Central Europeu (BCE).

Embora as transações digitais reduzam custos e tempos de liquidação, o relacionamento dessas moedas com o sistema fiduciário acaba por torná-las ferramentas políticas - com Keiser apontando a "armação" do dólar dos EUA para sanções - e sujeita a censura e outras armadilhas da centralização.

O congressista anti-Bitcoin "não entende que já perdeu"

Enquanto isso, Keiser também criticou o congressista nirte-americano Brad Sherman, um notório crítico do Bitcoin que continua a defender uma proibição total da criptomoeda.

"Brad Sherman está indo a um tiroteio com uma faca, ele não percebeu exatamente qual será a dimensão dessa batalha", disse ele. Keiser adicionou:

"Ele não entende que já perdeu.”

Outros governos que buscam minar a supremacia do dólar americano devem, assim, abrir seu acesso ao Bitcoin e torná-lo parte de suas reservas. Já há um certo tempo circulam boatos de que a Rússia em particular está comprando grandes quantidades de Bitcoin em face de sanções internacionais.