Grande projeto Utility Settlement Coin arrecada US$ 63 milhões para realização comercial

O projeto Utility Settlement Coin (USC) - liderado por alguns dos maiores bancos do mundo - anunciou a criação de uma nova empresa e o fechamento de uma rodada de financiamento da Série A de £50 milhões (US$ 63,2 milhões). A notícia foi revelada em um comunicado de imprensa compartilhado com o Cointelegraph em 3 de junho.

Como o Cointelegraph relatou anteriormente, a plataforma do USC visa facilitar a emissão de moedas baseadas em blockchain no setor bancário central e comercial em todo o mundo. De acordo com o comunicado desta segunda-feira, os parceiros do projeto USC agora se tornaram os acionistas fundadores de uma nova empresa que representa a realização comercial do projeto - chamado Fnality International.

Entre eles estão alguns dos principais bancos do mundo: Santander, BNY Mellon, Barclays, CIBC, Commerzbank, Credit Suisse, ING, KBC Group, Lloyds Banking Group, MUFG Bank, Nasdaq, Sumitomo Mitsui Banking Corporation, State Street Corporation e UBS.

Durante os quatro anos de seu desenvolvimento até agora, o projeto de P&D do USC se concentrou no desenvolvimento de soluções eficientes para pagamentos transnacionais globais no contexto futuro de mercados atacadistas de tokens. O projeto também visa encontrar formas de reduzir o risco de liquidação, contraparte e - em última análise - sistêmica nos processos de liquidação pós-negociação.

O comunicado de imprensa destaca que o USC aspira ser um token 100% apoiado e garantido em todos os momentos pela moeda fiduciária nacional de um determinado banco central. Para cada jurisdição, a solução da Fnality garantirá que a liquidação seja alcançada em conformidade com as leis e regulamentos locais de finalização de estabelecimento.

O trabalho de P&D levou à criação e implementação futura de uma nova solução que trata de questões legais, regulatórias, operacionais e técnicas e estabelecerá uma rede regulada de Infraestruturas distribuídas Financeiras de Mercado (dFMIs) que suportam as transações de troca internacional de valor.

Inicialmente, devem ser suportadas cinco moedas fiduciárias nacionais - CAD, EUR, GBP, JPY e USD - com novas moedas sendo supostamente adicionadas no futuro.

O projeto do USC tem como objetivo inovar os processos de compensação e liquidação, facilitar a Entrega vs. Pagamento em mercados de títulos tokenizados e permitir a liquidação instantânea em uma base de Pagamento vs. Pagamento dentro do mercado de financiamento garantido, acrescenta o comunicado à imprensa.

Em uma entrevista ao Wall Street Journal publicada hoje, o CEO da Fnality, Rhomaios Ram, disse que espera que o token USC esteja totalmente operacional dentro de 12 meses, uma vez que a aprovação regulatória tenha sido garantida.

Conforme relatado, o maior banco dos Estados Unidos, o JPMorgan Chase (JPM), apresentou este ano sua própria stablecoin focada em liquidação na blockchain, o JPMCoin.