Grande conglomerado sul-coreano entra no mercado de remessas de Bitcoin

O conglomerado sul-coreano Dongbu Group anunciou uma parceria com o prestador de serviços de remessa de Bitcoin Sentbe, em sua aposta para entrar no mercado de remessas de Bitcoin.

O grupo está colaborando com a Sentbe através da subsidiária do seu banco de poupança, a Dongbu Savings Bank.

De acordo com um funcionário do banco de poupança, um Memorando de Entendimento (MOU) já foi assinado pelos parceiros para se preparar para a quarta era da revolução industrial.

Sentbe

Crédito da imagem: Bitcoin.com

“Nós temos trabalhado nessa aliança de negócios para nos prepararmos para a quarta era da revolução industrial no tradicional negócio de banco de pouanças.”

Breve contextualização dos parceiros

A empresa sul-coreana Sentbe recebeu um prêmio de tecnologia financeira (fintech) pelo seu serviço de remessa estrangeira utilizando o Bitcoin em 2016.

Através do serviço, os clientes podem enviar dinheiro para a China, o Vietnã, o Japão, a Indonésia e as Filipinas, com uma taxa que é até 95% menor que a cobrada pelos bancos tradicionais.

O Dongbu Group, enquanto isso, é um grande conglomerado na Coreia do Sul. Produz aparatos industriais, químicos, marítimos, financeiros e de seguros. Sua subsidiária, o Dongbu Savings Bank, é membro do World Savings and Retail Banking Institute (WSBI).

Através do WSBI, o banco colabora com muitas instituições financeiras em todo o mundo, incluindo Swedbank, Fra-Spa of Germany, Philippine Postal Savings Bank, Banco Nacional de Indonésia para Habitação, Banco Nacional da Saviaia do Sri Lanka e o Banco de Poupança do Governo da Tailândia.

Legalização da Coreia do Sul das remessas de Bitcoin

O governo sul-coreano alterou a Lei das Transações cambiais para legalizar as remessas de Bitcoin. A lei alterada entrou em vigor em 18 de julho de 2017.

De acordo com a lei, as empresas fintech que planejam fornecer transferências cambiais de Bitcoin devem se registrar no Serviço de Supervisão Financeira (FSS). Eles também devem cumprir certos requisitos financeiros, como um capital pago de mais de dois bilhões de won (cerca de US$ 1,77 milhão) e uma relação dívida/capital de menos de 200%.


Siga-nos no Facebook