'Fracasso do Libra pode beneficiar Bitcoin', diz o analista Fernando Ulrich

O fracasso da criptomoeda do Facebook, o Libra, pode beneficiar o Bitcoin (BTC), segundo declaração do analista-chefe da exchange brasileira XDEX, Fernando Ulrich, para o portal Exame.

Segundo Ulrich, que também faz parte da XP Investimentos, as dúvidas de parlamentares dos Estados Unidos com relação ao Libra e à sua carteira nativa, a Calibra, podem ganhar força, o que não necessariamente terá impacto negativo para a maior criptomoeda, o Bitcoin.

Ele argumenta que as pressões do congresso norte-americano, que convocou representantes do Facebook para sabatinas nas últimas semanas, podem agravar o receio da gigante de mídia social quanto ao cumprimento das regras de conformidade estabelecidas.

Desde o escândalo de vazamento de dados da Cambridge Analytica, que atingiu diretamente o Facebook, a confiança dos parlamentares na empresa foi abalada. Diz o executivo:

"Se elevar demais o tom ou isso se tornar uma briga maior, o Libra pode nem sair do papel".

Os congressistas americanos reforçam suas preocupações quando ao uso e armazenamento dos dados dos usuários do Libra, e pedem mais descentralização e privacidade, enquanto também exigem monitoramento contra fraude e lavagem de dinheiro, lembra ele.

Recentemente, parte dos parlamentares dos EUA envolvidos nas sabatinas sobre o Libra reconheceram que a proibição ou encerramento de criptomoedas como o Bitcoin é, hoje, praticamente impossível, como relatou o Cointelegraph.

“O Bitcoin não pode ser encerrado pelas autoridades por decreto ou vontade política. Isso é impossível, é como querer acabar com a lei da gravidade… Acho que reforça cada vez mais (a tese do Bitcoin). O Bitcoin, por ironia do destino, pode acabar sendo ainda o grande beneficiado dessa história toda.”