Joseph Lubin sobre a Bitfinex: parece uma grande confusão que provavelmente não vai melhorar

Joseph Lubin, fundador da empresa blockchain ConsenSys, expressou seu pessimismo em relação à recente situação da plataforma de negociação de criptomoedas Bitfinex, informou a Bloomberg nesta quinta-feira, 9 de maio.

Em participação na conferência Fluidity Summit, Lubin disse que a situação “parece uma grande confusão que provavelmente não vai melhorar. O Tether tem certa importância para o nosso ecossistema porque é usado por diferentes instituições para efetuar um comércio mais fluido.”

Lubin notou, no entanto, que a turbulência em torno do Tether e da Bitfinex poderia impulsionar o crescimento em outras moedas estáveis:

“Existem outros tokens com preços estáveis - muitos outros - e acho que eles vão ganhar força por causa disso. Eu acho que vai ser uma coisa muito boa.”

Conforme informado anteriormente, no final de abril, a Procuradoria Geral do Estado de Nova York (NYAG) alegou que a Bitfinex perdeu US$ 850 milhões e, na sequência, utilizou fundos da empresa afiliada Tether, que está por trás da stablecoin de mesmo nome, para encobrir secretamente o déficit. Pouco depois, o Tether e a Bitfinex responderam às acusações com uma declaração alegando que os documentos judiciais apresentados pelo escritório da NYAG estavam “cheios de falsas afirmações.”

O Tether, desde então, confirmou rumores preexistentes de que seus tokens não possuíam reservas monetárias completas, mas na verdade, apenas 74% eram garantidos por dólares americanos e outras reservas.

Lubin afirmou ainda que “todos os preços do planeta estão sendo manipulados. Toda vez que atores com bons recursos podem entrar e fazer alguma coisa, você tem que esperar que eles façam isso. Então, precisamos construir sistemas melhores.”

No mês passado, o Cointelegraph informou que a ConsenSys, empresa de Lubin, estava tentando atrair investidores externos para levantar US$ 200 milhões. Os executivos da empresa teriam conversado com investidores em Hong Kong e Coreia do Sul, mas aparentemente não encontraram um investidor líder.

A ConsenSys fechou 2018 com US$ 21 milhões em receita proveniente, principalmente, de sua empresa de consultoria empresarial. A companhia planeja uma receita de mais de US$ 50 milhões em 2019, com cerca de US$ 40 milhões provenientes de seus negócios de serviços.