Jamie Dimon sobre o Libra: 'Uma idéia interessante que nunca acontecerá'

Jamie Dimon, CEO do JPMorgan Chase, disse que o Libra, stablecoin do Facebook, é "uma idéia interessante que nunca acontecerá".

Dimon fez seus comentários durante um discurso na conferência do Institute of International Finance na sexta-feira, informou o BNN Bloomberg em 18 de outubro. Dimon disse que a idéia por trás do Libra não é única e mudou o assunto para a stablecoin de sua empresa, o JPM Coin, revelando que o JPMorgan está investindo mais de US $ 11 bilhões em desenvolvimentos tecnológicos este ano.

JPM Coin vs. Libra

Dimon, portanto, cimentou suas declarações anteriores sobre a moeda do Facebook, quando afirmou que o Libra não representa uma ameaça no futuro próximo. Dimon especificou na época que “para colocar em perspectiva, falamos sobre blockchain há sete anos e muito pouco aconteceu. Vamos falar sobre o Libra daqui a três anos.

A moeda nativa do JPMorgan tem três aplicações iniciais, de acordo com Umar Farooq, chefe dos projetos de blockchain da empresa. Trata-se de pagamentos internacionais para grandes clientes corporativos, que atualmente dependem de transferências bancárias, fornecidas por redes como SWIFT, transações de valores mobiliários e uso no negócio de serviços de tesouraria do JPMorgan, para substituir os fundos que as empresas detêm em várias subsidiárias em todo o mundo.

Empresas estão deixando o Libra por preocupações regulatórias

Em outubro, vários membros fundadores da Libra Association abandonaram o projeto, incluindo Visa, eBay, Stripe, Mastercard, PayPal e Booking Holdings. As empresas estão deixando o projeto Libra supostamente porque "não está à altura" dos padrões americanos de combate à lavagem de dinheiro.

Um membro do conselho de administração do Federal Reserve, Lael Brainard, disse que o Libra pode representar riscos para os consumidores, devido à falta de clareza de seus direitos em relação aos ativos subjacentes do token e ao sistema em geral.