Lançado no Reino Unido o Instituto de Economia Descentralizada para estudar sistemas econômicos na blockchain

O Instituto de Economia Descentralizada (Institute of Decentralized Economics - IDE) foi aberto em Londres, no Reino Unido, em 14 de fevereiro, de acordo com um comunicado de imprensa compartilhado com a Cointelegraph.

O think tank, dedicado ao estudo de sistemas econômicos baseados em blockchain e seu impacto nas instituições existentes, é apoiado pela empresa de fintech Sweetbridge. Pretende-se supostamente investigar o potencial de sistemas descentralizados e autônomos e encontrar casos reais de uso.

De acordo com o comunicado de imprensa, a ideia por trás do IDE é “ajudar as organizações a entender melhor a economia subjacente ao setor de blockchain”. O IDE também estudará o design e a viabilidade das stablecoins e como as políticas governamentais e tecnologias “cripto-econômicas” interagem.

A Sweetbridge vai facilitar a pesquisa e atrair atores relacionados à indústria de blockchain com diferentes históricos e experiência - incluindo empreendedores, corporações e governos - enquanto as atividades do IDE serão definidas pelo Conselho Fundador do IDE.

Em janeiro, uma importante universidade de pesquisa chinesa lançou uma bolsa de pesquisa de blockchain com o apoio da empresa de pagamento blockchain Ripple. O programa pretende reunir os melhores alunos de pós-graduação na China em 2019 para estudar os regulamentos globais de blockchain e o desenvolvimento do setor.

No mesmo mês, a Corporação de Desenvolvimento Econômico de Nova York (NYCEDC) anunciou que está abrindo seu Blockchain Centre em Manhattan, que oferecerá serviços educacionais orientados à blockchain para o público em geral, como aulas de programação para palestras para desenvolvedores de software.