Em evento da Yahoo Finance, CFO do PayPal diz que a empresa não pretende adicionar o Bitcoin ao seu sistema tão cedo
John Rainey, diretor financeiro da PayPal, diz que a empresa não está obcecada com o Bitcoin como muitos outros portais tradicionais de pagamento. Durante o evento 'The First Trade' do Yahoo Finance, Rainey disse que a empresa está determinada a implementar as mudanças necessárias e progressivas trazidas pela tecnologia blockchain e criptomoedas, mas com cautela. A empresa alegou não ter planos de emitir seus próprios tokens. 
O PayPal é provavelmente o portal de pagamento online mais utilizado e reconhecido no mundo, no entanto, a empresa não tem pressa em utilizar a tecnologia blockchain e as criptomoedas, pois acredita que seus serviços ainda estarão em demanda no futuro. O CFO disse:
"Temos equipes trabalhando claramente em blockchain e criptomoedas. Queremos participar disso de qualquer forma no futuro - eu acho que agora é um pouco cedo [para o Bitcoin]."
Por enquanto, o PayPal está focado em outras oportunidades de crescimento e lucro, deixando o emergente sistema descentralizado de pagamentos para tempos melhores. Falando sobre outros progressos, a empresa investiu recentemente US$ 500 milhões no IPO (Oferta Pública Inicial) da Uber. Com a parceria, o PayPal quer criar um monopólio entre as plataformas de pagamento. Além do investimento na Uber, o Paypal também se tornou o provedor de pagamento para a rede social Instagram.
O comentário de Rainsy ocorre em meio à forte alta do preço do mercado das criptomoedas e ao interesse crescente de grandes empresas tradicionais que buscam investir no mundo descentralizado. Seja o Telegram lançando seu próprio token e blockchain, a TD Ameritrade fazendo testes para trade de Bitcoin na Nasdaq ou a gigante de investimentos Fidelity sinalizando o lançamento de produtos em Bitcoin.
O PayPal ocupa um grande espaço no serviço de pagamento online entre países, no entanto, tem sido frequentemente criticado por altas taxas de transação e atrasos nos pagamentos, especialmente quando as criptomoedas se tornaram uma febre nos últimos tempos. A ideia inicial por trás de grande parte dos projetos de criptomoedas é melhorar aspectos como velocidade e taxas das transações para pagamentos locais e internacionais.