CCI apoiará adoção da blockchain entre seus 45 milhões de empresas membros

A Perlin, startup blockchain de Cingapura, está ajudando a maior organização empresarial do mundo, a Câmara de Comércio Internacional (CCI), a lançar a tecnologia, confirmou a empresa em um comunicado de imprensa em 12 de abril.

A Perlin, que já está envolvida em pilotos blockchain para várias empresas importantes, incluindo a Ásia-Pacífico Rayon, agora terá acesso aos membros da CCI, enquanto a organização tenta trazer as tecnologias inovadoras para o primeiro plano.

Com cem anos de existência, a CCI conta com 45 milhões de empresas, incluindo Amazon, CocaCola, FedEx, McDonalds e PayPal.

“Em colaboração com a Perlin, [...] podemos ajudar a facilitar a transformação prática e verdadeiramente disruptiva para empresas em todos os setores imagináveis ​​da indústria”, comentou John Denton AO, secretário geral da CCI, no comunicado à imprensa.

A parceria assumirá várias formas, mas se concentrará na rastreabilidade da cadeia de valor - rastreando as mercadorias através de suas etapas de produção e entrega.

A área já viu uma absorção considerável do setor de blockchain, com soluções que visam melhorar a proveniência de cadeias de fornecimento inteiras, de alimentos à metais.

A própria Cingapura também se beneficiará, com a Perlin e a CCI prometendo avançar nas iniciativas regionais para melhorar seu status de centro tecnológico.

Como o Cointelegraph relatou, o estado da cidade continua a se posicionar como uma jurisdição amigável à blockchain. O banco central está pronto para começar a lançar sua iniciativa do Project Ubin, entre outros, no ano que vem.