Buscas do Google por ‘Bitcoin’ começam a acompanhar euforia depois da quebra da barreira dos US$ 10 mil

Os dados do recurso de análise de buscas Google Trends indicam que as buscas na internet por ‘Bitcoin’ (BTC) estão se aproximando da máxima mensal hoje, 24 de junho.

De acordo com os dados, as buscas por Bitcoin estão continuando sua semana em ascensão depois que o Facebook seu novo projeto de criptomoeda e infraestrutura financeira em blockchain, o Libra, mesmo que as buscas pelo Libra tenham diminuído desde 18 de junho - data em que o white paper do aguardado token foi publicado.

Dados de tendência do Google para os termos de busca ‘Bitcoin’ e ‘Libra’. Em 24 de junho de 2019

Como o Cointelegraph publicou ontem, em uma perspectiva mais ampla, o número de buscas do Google por "Bitcoin" permanecem correspondendo a apenas 10% do que o registrado em 2017 - ano em que a maior moeda disparou até um pico de US$ 20.000 em dezembro daquele ano.

O ressurgimento do interesse público tem aparente correlação com a alta do mercado, com o Bitcoin sendo negociado atualmente em US$ 10.881, acumulando aumento de quase 35% no mês, segundo dados do coin360.

Por país, as cinco maiores nações nas buscas por Bitcoin são Nigéria, África do Sul, Áustria, Suíça e Gana — em comparação, as buscas pelo Libra são lideradas por Uruguai, República Dominicana, Nicarágua, Albânia e Panamá.

Como escreveu o Cointelegraph ontem, o fato dos dados de tendência do Google para o Bitcoin mantém-se bastante abaixo do pico anterior, provavelmente demonstrando que os varejistas ainda não comandam o impulsionamento de preços da maior moeda. Por outro lado, diversos parâmetros indicam que, paralelamente, a demanda institucional pelo Bitcoin está aumentando, e que os fundamentos da rede estão atingindo máximas históricas.

Enquanto grandes figuras da indústria como o cofundador da Ethereum Joe Lubin criticaram o Libra por sua falta de descentralização, os pesquisadores da importante exchange Binanceespecularam que o token do gigante de social media poderia levar mais volume para o espaço das criptomoedas.

No momento, o par BTC/USD está se consolidando abaixo da marca de US$ 11.000 — com alta de mais de 3% nas últimas 24 horas, segundo o índice de preço do Bitcoin do Cointelegraph.