Banco Central Alemão: criptos não são ameaça à estabilidade financeira

O representante do Banco Central da Alemanha, Burkhard Balz, disse que as criptomoedas não representam uma ameaça à estabilidade financeira, durante uma palestra no Parlamento Europeu noticiada em um post publicado no site da instituição em 9 de julho.

Burkhard Balz, membro da diretoria executiva do Deutsche Bundesbank, afirmou que “os tokens cripto atualmente não representam um risco para a estabilidade monetária ou financeira”. Além disso, ele também observou que "pode haver lacunas quando elas não forem estiverem sob a autoridade de reguladores ou onde não há padrões internacionais".

As afirmações de Balz acompanham as declarações de autoridades espanholas, que disseram que ATMs Bitcoin são uma lacuna na regulação contra lavagem de dinheiro (Anti-Money Laundering - AML) da União Europeia, como publicou hoje o Cointelegraph. Balz também alertou ainda que qualquer aumento de popularidade de ativos cripto deve ser acompanhado de perto. Ainda assim, ele disse ter grande expectativa pela transformação digital trazida pela inteligência artificial, tecnologia de contabilidade distribuída e serviços em nuvem, completando:

"Não estamos falando de 'evolução' - sobre a adaptação do setor bancário aos desejos e necessidades de uma geração digital - estamos falando de uma verdadeira 'ruptura', que pode mudar definitivamente o setor financeiro."

Na última semana, um membro do conselho do Banco Central Europeu, Benoit Coeure, disse que os reguladores financeiros precisam atuar rápido para se preparar para a stablecion Libra do Facebook.

Como o Cointelegraph publicou mês passado, o banco central da Austrália disse que o Bitcoin e as criptomoedas devem permanecer de fora dos pagamentos do mainstream.