Gemini lança seguradora própria para garantir custódia de criptomoedas com cobertura de US$ 200 milhões

A Gemini Exchange de Winklevoss lançou uma companhia de seguros para cobrir em até US$ 200 milhões o braço de custódia da Gemini - supostamente a maior quantia para assegurar um serviço de custódia de criptomoedas do mundo.

O chefe de risco da Gemini Yusuf Hussain compartilhou a notícia com o Cointelegraph em 16 de janeiro. A companhia de seguros se chama Nakamoto, Ltd. e servirá como garantia para o braço de custódia da empresa por até US$ 200 milhões.

Como colaboradores do lançamento da Nakamoto, Ltd. participaram os principais corretores de seguros tradicionais Aon e Marsh. Os clientes de custódia da Gemini também poderão adquirir seguro adicional da Nakamoto, Ltd. para garantir suas próprias participações além dos US$ 200 milhões em geral.

Hussain disse que o avanço na cobertura de custódia da empresa permitirá que vários clientes institucionais da Gemini continuem cumprindo seus próprios requisitos regulatórios. Ele explicou que a medida "é consistente com a abordagem de Gemini de ser uma exchange e custodiante confiável em termos de segurança, conformidade e regulamentação".

A Gemini lançou sua filial de custória em setembro.

Seguros e criptomoedas

 

O seguro tem sido uma grande barreira para os serviços de investimento em criptografia que procuram julgar os participantes financeiros tradicionais mais avessos ao risco.

A lendária empresa de seguros Lloyd's, de Londres, também se envolveu, assegurando ativos em carteira para a Coinbase, bem como para os negócios de custódia do Kingdom Trust.

Sobre a história da Gemini com seguros de investimentos em criptografia, Hussain apontou para a iniciativa de Gemini em 2018 para assegurar suas carteiras quentes como mais uma evidência de seu compromisso com a segurança no setor.

O presidente da Gemini, Cameron Winklevoss, declarou: "Obter seguro significativo na indústria de criptografia continua sendo um desafio, e nossos cativos ajudarão a aumentar nossa capacidade de seguro e levar o setor adiante"

A Ledger Vault, subsidiária de custódia do fabricante de carteiras de hardware Ledger, adquiriu uma apólice de seguro contra crimes contra custódias através da companhia de seguros Arch Insurance Limited em novembro de 2019. A apólice fornece até US$ 150 milhões em cobertura contra perda de fundos por crimes que roubem os ativos digitais dos usuários na plataforma.

Colaborou Kollen Post