Mercado de seguros cripto deve crescer sob liderança de empresas como Lloyd’s of London e Aon

O mercado de seguros cripto deve crescer a um ritmo mais rápido se os reguladores dos Estados Unidos oferecer oferecerem mais clareza regulatória, dizem especialistas do setor.

Como a Forbes publicou em 5 de setembro, o CEO da agência de cibersegurança Coalition, de San Francisco, Joshua Motta, sugeriu que o mercado de seguros em moeda digital seria avaliado entre US$ 200 milhões e US$ 500 milhões em receitas premium. Ele espera que o mercado supere a atual taxa de expansão de 20% a 25% do setor de seguros de segurança cibernética.

A Lloyd’s of London, principal mercado de seguros do mundo, que presta serviços especializados de seguros a empresas, parece prestes a se tornar um dos principais players do setor de seguros cripto, depois de notícias em abril publicadas na Coinbase que revelam cobertura de seguro para suas participações em carteiras quentes, cobrindo um limite de US$ 255 milhões através da Lloyd's.

“O próximo cyber”

De acordo com Eric Boyum, chefe do braço de corretagem de seguros de tecnologia da Aon - uma corretora de seguros que ocupa 50% do mercado de criptoseguros - o setor de seguros do mercado cripto pode crescer ainda mais rápido, a partir de quando os reguladores dos EUA puderem esclarecer se os ativos digitais são considerados valores mobiliários e devem cumprir as mesmas leis das empresas públicas.

Comentando sobre o assunto, Ty Sagalov, veterano do setor de seguros e membro fundador da primeira empresa de seguros licenciada e regulamentada nos EUA, a Lemonade, disse:

“Vejo esse mercado como o próximo cyber. Ele crescerá para um mercado premium de bilhões de dólares nos próximos cinco a dez anos. ”

Cripto vai para o setor de seguridade

Neste verão, a Coinbase estava planejando lançar sua companhia de seguros em parceria com a Aon. Esperava-se que uma solução desse tipo permitisse à empresa manter o dinheiro que normalmente seria gasto com o prêmio de seguros, segundo se sabe, quase todas as empresas da Fortune 500 mantêm companhias de seguros cativos.

Além disso, a Aon fornecerá cobertura de seguro contra crimes para instituições que usam a solução de infraestrutura de ativos de criptomoeda SILO, da Metaco, para armazenamento quente e frio, que implementa a tecnologia baseada em módulos de segurança de hardware.