Grande corretora de seguros Aon garante cobertura contra crimes para empresa de soluções de custódia cripto

A Aon — uma corretora de seguros líder que afirma ocupar 50% do mercado de seguro de cripto — fornecerá à Metaco, provedor de soluções de custódia de cripto, uma cobertura de seguro criminal através de um painel de seguradoras londrinas. A notícia foi revelada em um comunicado de imprensa da Metaco, publicado pela agência de notícias Finextra em 11 de junho.

A Metaco, sediada em Lausanne, é parcialmente controlada pela gigante suíça de telecomunicações Swisscom, pelo serviço postal nacional do país (Swisspost) e pelo fornecedor de tecnologia bancária Avaloq.

As seguradoras — cujos nomes não foram revelados — fornecerão cobertura de seguros contra crimes para instituições que usam a solução de infraestrutura de ativos cripto SILO da Metaco para armazenamento a quente e a frio, que implementa tecnologia baseada em módulos de hardware de segurança.

Embora o valor da moeda fiduciária da cobertura tenha sido igualmente mantido em sigilo, a Aon revelou que as políticas fornecidas cobrirão uma ampla gama de riscos — incluindo destruição de chave privada devido a desastres naturais e perdas incorridas por hacks de carteiras quentes de terceiros.

No verão passado, o Cointelegraph informou que grandes seguradoras como AIG, Allianz, Chubb, Aon e XL Group vêm adaptando cada vez mais suas opções de cobertura para proteger negócios no espaço cripto, muitas vezes usando um grande número de subscritores para fornecer políticas para o que é percebido como um setor de alto risco.

Em maio deste ano, a Anchorage, custodiante de cripto apoiado pela Andreessen Horowitz, revelou que adquiriu uma apólice de seguro contra crimes através de uma parceria com a Aon.

Em dezembro, a Metaco fez uma parceria com a Avaloq e o banco suíço Gazprombank para implementar uma solução integrada de ativos cripto projetada para bancos e gestores de patrimônio.