FT: Facebook contrata diretor de assuntos públicos do banco Standard Chartered para projeto de cripto

O Facebook teria contratado o diretor de relações públicas do banco Standard Chartered, Ed Bowles, para seu projeto de criptomoeda, informou o Financial Times em 14 de junho.

Segundo a reportagem, o Facebook supostamente contratou o lobista sênior do banco para se antecipar a um maior escrutínio regulatório na Europa em relação a seus planos de lançar seu próprio ativo cripto e outros serviços financeiros para seus 2,4 bilhões de usuários. Bowles assumirá seu posto na empresa em setembro e será o diretor de políticas públicas sediado em Londres.

Ainda nesta sexta-feira, foi divulgado que o Facebook supostamente garantiu o apoio de mais de uma dúzia de empresas, incluindo Visa, Mastercard, PayPal e Uber para o supramencionado projeto de criptomoeda, batizado "Libra".

Um executivo europeu do Facebook recentemente também confirmou que um white paper delineando os fundamentos da criptomoeda deve ser publicado em 18 de junho.

Como observa uma análise do Cointelegraph, tanto o Facebook quanto o Telegram são exemplos de grandes plataformas sociais que trabalham silenciosamente em seus próprios tokens nativos de criptomoedas.

O serviço de mensagens instantâneas criptografadas Telegram havia lançado oficialmente um cliente de teste para sua Telegram Open Network (TON) no final de maio. Além do TON Lite Client em si, os usuários agora também podem instalar um arquivo de configuração para o desenvolvimento de contrato inteligente, que conecta o Lite Client a um servidor de teste.