Fundação usa Blockchain e criptomoedas para ajudar a salvar a Amazônia brasileira

A Rainforest Foundation US é uma ONG sem fins lucrativos com sede em Nova York que trabalha na América Central e do Sul, agora espera apoiar esforços de combate ao desmatamento com tecnologia de criptomoedas e blockchain.

Desmatamento e incêndios na Amazônia brasileira

Em 4 de setembro, a Fundação Rainforest chegou à comunidade cripto e blockchain para pedir seu apoio para lutar contra o desmatamento e queimadas no Brasil. A publicação no site da fundação afirma:

“Desde a posse de Bolsonaro em janeiro, o desmatamento na Amazônia brasileira aumentou 75% e os incêndios florestais na Amazônia brasileira dobraram em relação ao ano passado. Como guardiões de nossas florestas tropicais, seus animais e seu povo, estamos trabalhando com o The Giving Block para formar uma coalizão de patrocinadores de criptomoedas, doadores e parceiros de mídia que ajudarão a parar essa devastação. ”

A Rainforest Foundation diz que está aceitando doações de criptomoedas em Bitcoin ( BTC ), Ether ( ETH ), Litecoin ( LTC ), Bitcoin Cash ( BCH ) e outros criptoativos..

Usando blockchain para garantir transparência

A Rainforest Foundation, que tem o músico Sting como um de seus fundadores, está atualmente trabalhando em um piloto de blockchain para garantir transparência contínua, o que permitirá que os doadores acompanhem o trabalho realizado pela fundação na floresta amazônica e recompensem as comunidades locais que estão protegendo seus florestas com criptomoedas. 

A fundação também está pesquisando o uso de contratos inteligentes para impedir a extração ilegal de madeira, o tráfico de terras e proteger as florestas da mineração de ouro.

Suzanne Pelletier, diretora executiva da Rainforest Foundation, disse que a terrível situação da floresta brasileira os levou a encontrar soluções inovadoras. Ela adicionou:

“Os negócios como sempre nos levaram a esse ponto. A filantropia, como sempre, não vai nos tirar desta situação. Precisamos de soluções inovadoras e ninguém é mais inovador que os usuários de criptomoedas. ” 

Criptomoedas e caridade andam de mãos dadas

O Cointelegraph havia relatado anteriormente que a tecnologia cripto/blockchain está sendo cada vez mais aplicada para apoiar uma ampla variedade de organizações de caridade. Após o furacão Dorian, uma empresa de blockchain com sede nas Bahamas está pedindo às comunidades de criptomoedas e blockchain que os ajudem a trazer alívio para as vítimas do furacão.