Antiga casa de câmbio Bitcoin BTC-e reabre como WEX.nz

BTC-e, a plataforma de negociação russa fechada pelo FBI recentemente, oficialmente reabriu as portas para os usuários com um novo nome de domínio WEX.nz, de acordo com uma postagem na conta do Twitter da BTC-e.

BTC-E diz: Vamos negociar! Inscreva-se na WEXnz para mais atualizações

Declaração de agradecimento

A empresa também emitiu uma declaração formal em seu site, agradecendo aos usuários por sua paciência e indicando que eles lançaram o novo site e usaram saldos de usuários. Enquanto o site está ativo e operante, vários comentários no feed do Twitter indicaram que o login era difícil.

No entanto, a declaração da WEX indicou que o site estava sendo executado apenas na versão de teste mais para verificar se as transações estavam se registrando corretamente. O comunicado disse:

"Nossa plataforma funcionará em um modo de teste por razões de segurança geral, para testar como todos os blocos funcionam. Os limites diários serão definidos para retirada (você pode encontrar informações sobre eles em sua conta), eles serão removidos no futuro. O modo de teste estará habilitado de três a sete dias úteis. Depois que este período acabar, a plataforma funcionará sem limites, obrigado por sua amável compreensão ".

Plataforma VIP

A declaração também indica que o site abriu uma seção VIP separada que servirá aqueles que depositam mais de US$ 100.000. Este recurso só pode ser acessado enviando uma mensagem direta para o gerenciamento.

A BTC-e esteve envolvida em várias disputas legais depois que o FBI fechou o site, incluindo acusações de que o site era responsável por lavagem de BTC oriundo do infame hack da Mt.Gox.