Empresa fintech MonetaGo adere à Corda da R3 em troca com Hyperledger Fabric

A empresa de desenvolvimento de softwares MonetaGo migrou da plataforma empresarial em blockchain Hyperledger Fabric para a Corda da R3, como noticiou a revista econômica Global Trade Review (GTR) em 26 de fevereiro.

A MonetaGo, que antes havia interligado ambas as plataformas, irá agora usar a Corda para continuar sua expansão no México e outros mercados internacionais enquanto aguarda testes na Índia.

A empresa oferece soluções de prevenção de fraude baseada em blockchain para bancos e já operou como exchange cripto antes de mudar de ramo.

“Com os novos empreendimentos no México, assim como outros países latinoamericanos, os reguladores podem pensar melhor na adoção desse sistema e a Corda tem uma boa arquitetura para isso”, disse ao GTR o CEO Jesse Chenard, completando:

“Assim como vimos a descoberda do mercado tecnologia de contabilidade distribuída (distributed ledger technology - DLT), têm ficado claro que a R3 está surgindo como lídes no ramo de serviços financeiros.”

A Corda tem se fortalecido nos últimos meses com novos parceiros chegando à empresa. Mais recentemente, uma transação entre três bancos na Alemanha usou sua plataforma para executar uma transação de 100,000 euros (US$113,500).

Hyperledger, a plataforma de código aberto em blockchain da Linux Foundation, também continua agregando seus parceiros, que incluem JPMorgan Chase, American Express e, ainda neste mês, o serviço postal da Itália.

Ao mesmo tempo, críticas ao desenvolvimento de blockchain empresarial surgiram de figuras destacadas da indústria cripto. Como o Cointelegraph noticiou hoje, o CEO da rede de pagamentos Abra Bill Barhydt freiou o entusiasmo sobre o fenômeno das blockchains privadas.

“Vão falhar miseravelmente", ele disse à Fortune em entrevista.