Empresa de análise cripto apoiada pela Fidelity vai integrar feed de sentimento cripto baseado no Twitter

A empresa de análise cripto Coin Metrics fechou parceria com a Social Market Analytics (SMA) para colaborar em um feed em tempo real sobre os sentimentos envolvendo criptomoedas baseados em dados de mídias sociais, de acordo com um comunicado de 17 de junho.

A nova parceria pretende coletar e analisar dados postados pela comunidade cripto nas mídias socias para fornecer uma nova ferramenta para ajudar os traders cripto a rastrear os dados de comportamento das mídias sociais para construir suas estratégias de portifólio.

O novo produto vai mirar nos dados de sentimento primeiramente no gigante de midias sociais Twitter, como confirmou o CEO da Coin Metrics Tim Rice ao Cointelegraph, completando dizendo que as empresas atualmente não consideram a integração desses serviços ao Facebook.

No caso, a Coin Metrics vai incorporar o produto dentro de uma plataforma de dados de mercado, chamada pela SMA de Feed de Sentimento de criptomoedas, fornecendo métrica calculada de dados no Twitter, de acordo com uma reportagem da agência cripto The Block. No texto, Rice disse que os algoritmos de cálculo incluiriam tweets relevantes e calculariam "19 diferentes métricas de sentimento agregado em snapshots de um minuto".

A Social Market Analytics fornece análise de dados de previsão baseados em social media para participantes mercados de capital tradicionais de diversos setores, incluindo ações, forex, Exchange-Traded Funds (ETFs), futuros, entre outros. Depois de ser estabelecida em 2012, a SMA formou parceria com a Twitter Finance, como declarou seu CEO Joe Gits ao Cointelegraph por email.

Enquanto isso, a Coin Metrics é apoiada pela proeminente empresa de gestão de investimentos americana Fidelity desde fevereiro de 2019, participando de uma rodada de financiamento na mesma época.

Mais cedo no fia, a gigante de mídias sociais Facebook lançou o white paper de seu aguardado projeto de criptomoeda e plataforma financeira blockchain, conhecida como a stablecoin Libra.