Estônia concede licença de custódia e negociação de cripto ao banco alemão WEG

O banco alemão WEG Bank recebeu uma licença de comércio e custódia de criptomoedas na Estônia.

O próprio banco confirmou a notícia em um “tuíte” de 25 de agosto que havia obtido uma licença de cripto e custódia na Estônia.

Estônia dá sinal verde a banco alemão para negociar e manter cripto

Além disso, a empresa também anunciou que agora está tentando obter uma licença de negociação e custódia de valores mobiliários na Alemanha. O banco afirmou:

"Anunciamos que a partir de hoje garantimos acesso total e irrestrito a uma licença de trading e custódia de cripto na Estônia e estamos da mesma forma solicitando uma licença de negociação e custódia de títulos na Alemanha."

O banco WEG também observou que a instituição acredita que “trabalhar em um ambiente regulatório premium é um de seus principais ativos.

Um banco com várias parcerias de cripto

Como o Cointelegraph informou em abril, o sistema de pagamentos blockchain baseado no navegador Nimiq adquiriu uma participação de 9,9% na alemã WEG Bank AG. A aquisição da participação seguiu-se a uma parceria destinada a permitir uma ponte da cripto para o fiduciário que permitiria a troca perfeita de valor entre os sistemas bancários tradicionais e cripto.

Em maio do ano passado, a startup de pagamentos de cripto TokenPay também anunciou uma parceria ao lado da aquisição de 9,9% de certificados de ações.

O interesse do consumidor em serviços de cripto e blockchain regulados está em alta. Recentemente, o banco privado suíço Maerki Baumann foi “invadido” por 400 novos clientes que estavam loucos para aproveitar suas futuras ofertas de blockchain, uma vez que ele revelou seu interesse no setor.