Impressão de dinheiro pelo BCE é "combustível de foguete" para o preço do Bitcoin, diz Pompliano

Anthony Pompliano, cofundador da Morgan Creek Digital Assets, disse que a virada dovish esperada pelo Banco Central Europeu (BCE) será “combustível de foguete” para o Bitcoin.

Em um "tuíte" postado em 26 de julho, Pompliano comentou sobre um novo artigo da Bloomberg que investiga as iminentes medidas políticas do BCE - potencialmente incluindo cortes na taxa de juros e renovação da flexibilização quantitativa - destinados a impulsionar a economia da Zona do Euro. Ele disse:

“COMBUSTÍVEL DE FOGUETE: Eles vão cortar taxas e imprimir dinheiro bem quando marchamos em direção ao halving do Bitcoin. Apertem os cintos. Vai ser emocionante 🚀 ”

Pompliano havia notavelmente recentemente citadohalving do Bitcoin - a redução pela metade das recompensas pela mineração do BTC em maio de 2020 - como um dos maiores impulsionadores da estimativa de preço do Bitcoin. Sua previsão é de que a moeda chegue a US$ 100.000 até o final de 2021.

O artigo da Bloomberg citou os recentes comentários do presidente do BCE, Mario Draghi, indicando a intenção da instituição de implantar outra rodada de estímulo monetário em setembro. Notavelmente, o diretor do BCE afirmou que “na frente da inflação, não gostamos do que estamos vendo [...] isso é muito importante”.

Problemas de banqueiros centrais e da zona do euro

O presidente do BCE disse que prevê que as contrações na indústria da área do euro podem contaminar o setor de serviços, em parte devido às tensões comerciais globais.

Embora descartando a perspectiva de uma ampla recessão, ele afirmou que o crescimento do preço ao consumidor ficou aquém da meta do BCE de pouco menos de 2% - o que justifica significativos pedidos de apoio.

O Conselho de Governadores do BCE também adicionou uma linha crucial à sua declaração de “compromisso com a simetria”, que a Bloomberg aponta como uma abertura para prolongar os estímulos para elevar o crescimento dos preços por algum tempo:

“O Conselho do BCE encarregou os Comitês relevantes do Eurossistema de examinar opções, incluindo formas de reforçar suas orientações futuras sobre taxas de política, medidas de mitigação, tais como a concepção de um sistema escalonado de remuneração de reservas e opções para a dimensão e composição de novos potenciais. compras de ativos líquidos.”

Um economista do Danske Bank disse à Bloomberg que espera cortes de 20 pontos-base na taxa do BCE e mais QE, acrescentando: "É uma questão de quando e como o BCE agirá, já não é mais de se."

Enquanto isso, espera-se que o Federal Reserve dos EUA reduza as taxas de juros na semana que vem, enquanto a Turquia acaba de introduzir o maior corte de juros desde pelo menos 2002. Ao redor do mundo, o banco central da Austrália também sinalizou que deve flexibilizar sua políticas.

Conforme relatado recentemente, o chefe da estratégia global de crédito fundamental do Deutsche Bank observou que as políticas dovish dos bancos centrais estão impactando positivamente as moedas “alternativas”, como o Bitcoin e prejudicando os bancos de investimento.