Mercados de cripto têm queda de dois dígitos e mercados asiáticos disparam por causa dos adiamentos de Trump

Segunda-feira, 25 de fevereiro: as criptomoedas estão veem hoje uma mancha vermelho-sangue no mercado, com virtualmente todas as 20 maiores moedas entregando perdas entre 7 e 17 por cento, como mostram os dados da Coin360.

Market visualization

Visualização de mercado da Coin360

A principal cripto, o Bitcoin (BTC), caiu 8% no dia e está sendo negociado em torno de US$ 3.836 no momento desta publicação, de acordo com dados da CoinMarketCap. A queda de hoje é o segundo dia em que a moeda - e o mercado mais amplo - está reportando perdas, com o Bitcoin ontem caindo de uma alta intradia de US$ 4.210 para cerca de US$ 3.800. A crise acentuada reduziu os ganhos da criptomoeda na semana para pouco mais de 2%.

Bitcoin 7-day price chart

Gráfico de preços de 7 dias do Bitcoin. Fonte: CoinMarketCap

O Ethereum (ETH) registrou uma desaceleração ainda mais severa, perdendo 14,6 por cento no dia para ser negociado a cerca de US$ 140 no momento. Tal como acontece com o Bitcoin, a altcoin líder despencou ontem de um ponto de preço próximo de US$ 150 para menos de US$ 140. Hoje cedo, a moeda registrou uma baixa intradiária de US$ 135, tendo se recuperado ligeiramente desde então. Na semana, o Ethereum está praticamente estável, com uma pequena alta de 0,2%.

Ethereum 1-month price chart

Gráfico de preços de 1 mês do Ethereum. Fonte: CoinMarketCap

Terceira maior cripto, o Ripple (XRP) registrou perdas de 9,4% no dia e está sendo negociado em torno de US$ 0,305 no momento. Após uma mínima de 24 horas de US$ 0,302, a moeda ganhou algum terreno nas últimas horas. A desaceleração do mercado levou as perdas de 7 dias do XRP para 2,2%.

Ripple 7-day price chart

Gráfico de preços de 7 dias do Ripple. Fonte: CoinMarketCap

Entre as 10 principais criptomoedas restantes na CoinMarketCap, a quarta maior moeda EOS está tendo as perdas mais pesadas, perdendo 16,2 por cento no dia, sendo negociado a US$ 3,62 no momento desta publicação. A quinta maior cripto, o Litecoin (LTC), a sexta Bitcoin Cash (BCH) e a oitava maior Stellar (XLM) estão tendo perdas pesadas de dois dígitos - 13,6%, 14,6% e 10,8%, respectivamente.

Entre as 20 principais moedas, Ethereum Classic (ETC), Cardano (ADA) e IOTA (MIOTA) - classificadas como 18ª, 11ª e 14ª maiores, respectivamente - caíram 14,4, 12,4 e 11,9 por cento cada. O token nativo da exchange cripto Binance Coin (BNB), classificado no 10º lugar, está tendo as perdas mais amenas de 24 horas entre todas as vinte principais criptos, registrando uma queda de cerca de 7% no dia.

A capitalização de emrcado total de todas as criptomoedas está em torno de US$ 129,2 bilhões no momento desta publicação, queda de uma alta intrassemanal de cerca de US$ 143,9 bilhões durante o início do pregão de 24 de fevereiro.

7-day chart of the total market capitalization of all cryptocurrencies

Gráfico de preços de 7 dias da caputalização total de mercado de todas as criptomoedas pela CoinMarketCap

No noticiário da indústria de cripto, apareceu uma nova vítima do prolongado inverno cripto, com a Huobi Australia cedendo suas operações à gerência sob o escopo da Huobi Global, citando condições de mercado precárias e demissões recentes.

Na Coreia do Sul, a Coinbin - a exchange de criptomoedas que havia assumido o controle da hackeada exchange Youbit - recentemente confirmou seu pedido de falência, devendo aos usuários quase US$ 30 milhões como resultado de uma suposta apropriação indébita de um alto executivo.

Enquanto isso, o banco central da Ucrânia acaba de concluir um esquema piloto para sua moeda digital nacional, a e-hryvnia.

Os principais mercados acionários da Ásia estão testemunhando uma grande recuperação, depois que o presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou que adiaria um aumento nas tarifas dos produtos chineses, que entraram em vigor em 1º de março.

Para a China continental, o índice de Xangai subiu 5,6 por cento, com o índice de Shenzhen subindo 5,2 por cento - ambos em altas de vários meses. O índice Hang Seng de Hong Kong subiu 0,5%, com o índice Nikkei 225 do Japão aumentando 0,5%. O dólar australiano, um proxy para o comércio chinês, também está hoje em