Volume de negociações de futuros de criptomoeda está chegando perto do mercado à vista

Atualmente, o volume de negociação de futuros de BTC equivale a quase 50% do valor da negociação à vista nos mercados de criptografia, de acordo com a Bloomberg.

13 exchanges analisadas

Citando dados de volume de 13 grandes exchanges globais, a Bloomberg relatou um crescimento maciço dos mercados futuros de Bitcoin em 31 de outubro.

As exchanges analisadas incluem a plataforma institucional de ativos digitais Bakkt, o Chicago Mercantile Exchange Group (CME), Binance, Bitfinex, o Mercado de Derivativos Huobi (DM), Kraken, FTX, Bitz, Deribit, CoinFlex, Bybit, OKEx e BitMEX.

Os primeiros futuros de Bitcoin foram lançados no final de 2017

A negociação à vista é simplesmente comprar ou vender uma mercadoria ou, nesse caso, um criptoativo no momento da negociação. Antes do lançamento da primeira plataforma futura de Bitcoin (BTC) em 2017, a negociação à vista era a principal opção disponível para operações de criptomoedas. A Chicago Board Options Exchange (CBOE) lançou a primeira negociação de contratos futuros baseados em BTC em 11 de dezembro de 2017, apenas uma semana antes do lançamento de um produto similar pela Chicago Mercantile Exchange (CME).

O relatório da Bloomberg segue um novo recorde de volumes futuros de Bitcoin na Bakkt, que lançou seu produto em 22 de setembro. Em 26 de outubro, a Bakkt negociou 1.183 contratos futuros de Bitcoin, no valor de US$ 11 milhões, depois de atingir um recorde histórico de 441 Futuros de Bitcoin, em 23 de outubro.

Em 29 de outubro, a OKEx, a quinta maior exchange de criptomoedas do mundo em volume de negócios, anunciou planos para começar a negociar futuros de Tether (USDT).