A Casa de Câmbio Huobi Lança Mercado Derivativo

 

A Huobi lançou o mercado derivativo de Huobi (Huobi DM), baseado em Cingapura, de acordo com um comunicado compartilhado com a Cointelegraph em 28 de novembro.

A Huobi apresentou sua nova plataforma na conferência Cryptofrontiers em Nova York hoje, enfatizando que a DM de Huobi permite que os clientes se envolvam em negociações com contrato de criptomoedas, tanto no aumento quanto no declínio nos preços de criptomoeda. O platforum supostamente fornece ferramentas para proteção e controle de risco e incerteza.

A negociação por contrato permite que os usuários comprem e vendam moedas digitais a preços predeterminados em momentos específicos no futuro, dando aos investidores e comerciantes uma oportunidade de abrir posições longas e curtas.

Huobi observa que a DM de Huobi está atualmente em teste beta e não está disponível para clientes nos EUA, Cingapura, Israel, Malásia e Hong Kong, entre outros.

No início deste mês, o Grupo Huobi criou uma divisão do Partido Comunista, o Serviço de Informações de Beijing Lianhuo (BLIS), como parte de suas obrigações com o Estado chinês.

Sob a lei chinesa, qualquer empresa com mais de três funcionários membros do Partido Comunista deve estabelecer sua própria filial, enquanto, até recentemente, a prática era confinada principalmente a empresas estatais. Huobi tornou-se assim, evidentemente, o primeiro negócio da indústria de criptomoeda a abraçar a tradição.

Em outubro, a Huobi anunciou a criação do que chama de "solução stablecoin". O projeto, conhecido como HUSD, consiste no recurso de stablecoin da própria Huobi, que os investidores podem usar como intermediário para interagir com quatro stablecoins atualmente cotadas em dólar. na troca. O HUSD também será negociável contra outras criptomoedas, começando com o controverso stablecoin Tether (USDT), seguido por Bitcoin (BTC) e Ethereum (ETH).