Empresa de análise cripto Messari apresenta novo índice de exchanges após relatórios de volume falsos

A empresa de análise de criptomoedas Messari adicionou um novo índice para dez exchanges de criptomoedas, de acordo com anúncio da empresa em seu blog nesta terça-feira, 26 de março.

A Messari lançou um novo produto chamado de “Real 10 Volumes” em seu painel OnChainFX para limitar seu cálculo de volume padrão nas exchanges escolhidas. As plataformas de negociação “Real 10” incluem Binance, Bitfinex, Bitflyer, Bitstamp, Bittrex, Coinbase Pro, Gemini, itBit, Kraken e Poloniex.

No post, a Messari disse que as referidas exchanges informaram “volumes de negociação significativos e legítimos via APIs [interface de programação de aplicativos].” A empresa revelou ainda que nos próximos meses adicionará outras exchanges, adicionando dados de livros aos seus feeds.

A atenção da Messari para volumes “significativos e legítimos” segue um relatório da principal provedora de fundos de índices de criptomoedas, a Bitwise Asset Management, que afirmou que 95% do volume em exchanges não reguladas parece ser de natureza falsa ou não econômica.

“Sob o capô, as exchanges que relatam os maiores volumes são irreconhecíveis. A grande maioria desse volume relatado é falsa e/ou de natureza não-econômica”, diz o relatório.

Um relatório separado do The Tie chegou a conclusões semelhantes, descobrindo que quase 90% do volume de negociação informados pelas exchanges de criptomoedas podem estar incorretos. O The Tie disse que 87% do volume de negociação informado pelas plataformas analisadas era potencialmente suspeito.

Seguindo o relatório da Bitwise, a fonte de dados do mercado de criptomoedas CoinMarketCap (CMC) prometeu recalcular como classifica as exchanges. Executivos do CMC escreveram no Twitter:

"Estamos ouvindo o feedback de todos os nossos usuários e estamos trabalhando muito para adicionar um conjunto de novas métricas para que os usuários possam ter uma visão mais ampla das exchanges e das criptomoedas no site."