Distrito chinês vai usar blockchain para garantir qualidade de alimentos e medicamentos

A agência de Administração de Alimentos e Medicamentos do distrito chinês de Chongqing Yuzhong vai utilizar a tecnologia blockchain em suas operações, informou o jornal oficial do Partido Comunista Chinês, The People's Daily, nesta quinta-feira, 31 de janeiro.

A blockchain será usada pelo órgão para fortalecer a supervisão de qualidade dos alimentos e medicamentos com mais rastreabilidade do ciclo de vida dos produtos e medidas contra falsificação.

Deng Ke, CEO da PrimeNumber Chain Technology Chengdu Co., Ltd - empresa que desenvolveu a blockchain que será usada pela agência - disse que o sistema não só ajudará a melhorar as medidas regulatórias do governo, mas também melhorará a eficiência da supervisão. O sistema de rastreabilidade blockchain também fornecerá gerenciamento centralizado de informações de rastreabilidade para empresas e permitirá consultas de informações sobre produtos.

Como informado recentemente pelo Cointelegraph, o órgão responsável pela Administração do Ciberespaço da China introduziu novos regulamentos para as empresas de blockchain que operam no país.

Além disso, no início de janeiro foi divulgada a notícia de que a organização bancária de autorregulação da China, a China Banking Association, lançará uma plataforma baseada em blockchain para melhorar a eficiência em todo o setor.

O projeto vai usar blockchain para direcionar o financiamento ao comércio, transações e outros serviços financeiros.