Bancos Centrais devem ter encontro com representantes do Libra nesta segunda-feira

Representantes do Banco Central Europeu (ECB) e 25 bancos centrais vão se encontrar com o Libra para avaliar os riscos de estabilidade financeira do projeto.

Fórum de bancos centrais para desafiar o Libra

Em 16 de setembro representantes do Libra vão se encontrar com o Comitê de Infraestruturas dr Pagamentos e Mercados (CPMI), parte do Bank of International Settlements (BIS), na Suíça, com  Financial Times publicou em 14 de setembro.

O CPMI, regulador de padrões internacionais do BIS e membro do Conselho de Estabilidade Financeira, consiste em 28 bancos membros, incluindo Bank of England, Deutsche Bundesbank e o Federal Reserve Bank of New York.

Segundo a matéria, este será o primeiro grande encontro entre fundadores do Libre e legisladores locais desde que o Facebook revelou os planos do projeto de stablecoin em 18 de junho.

BCE tem planos de moeda digital própria

Benoit Coeure, executivo do BCE que seria diretor do encontro em Basel, disse que os parâmetros de aprovação do Libra na UE serão bastante altos. 

Depois de um encontro de ministros das finanças em Helsinki em 13 de setembro, Couare disse que era hora dos reguladores "se posicionarem sobre uma moeda digital de banco central dando dicas sobre a possibilidade do instrumento para o BCE" como publicou a Reuters.

Segundo o Coeure, o BCE começou a trabalhar em sua própria moeda digital antes do lançamento Libra. O executivo deve lançar um relatório sobre moedas virtuais ao G7 em outubro.

No mesmo encontro em Helsinki, o  Finance ministro francês Bruno Le Maire disse que thata Europa deve pensar em uma moeda digital prórpia para desafiar o Libra.

Reiterando as preocupações com Libra, Le Maire afirmou que iria discutir o potencial de uma suposta "EuroCoin" com seus colegas no continente no próximo mês.

Mais cedo, o BIS advertiu sobre advertiu financeiros fornecidos por grandes empresas como Facebook, Google e Amazon, que poderiam gerar novos riscos para o setor bancário.

Em 13 de setembro, o parlamentar alemão Thomas Heilmann declarou que o governo vai travar projetos como o Libra, alegando que as autoridades não planejam permitir nenhuma stablecoins privada relevante para o mercado.